Fabricantes de DRAMs são multadas pela União Europeia

Uma série de fabricantes de semicondutores foi intimada pela União Europeia a pagar milhões de dólares em multas, devido ao envolvimento em um esquema de fixação de preços de DRAMs que estava em investigação há anos — e foi reconhecido por todas elas depois disso. Dentre as empresas envolvidas no cartel em questão está a Toshiba, que possui um grande contrato com a Apple para distribuição de memórias em larga escala.

Publicidade

No total, os órgãos reguladores do comércio europeu receberão aproximadamente US$404 milhões em sanções vindas de nove fabricantes asiáticas. Samsung Electronics, Infineon, Hynix Semiconductor, Elpida Memory, NEC Electronics, Hitachi, Toshiba, Mitsubishi Electric e Nanya Technology já possuem um prazo-limite para o pagamento, que inclui um desconto de 10% pelo reconhecimento do cartel.

Embora o esquema não tenha ocorrido durante um período recente (ele durou de julho de 1998 a junho de 2002), ele apenas foi descoberto porque uma décima empresa envolvida — a Micron — revelou participar dele no mesmo período. Contudo, ela não foi forçada a pagar nada em multas.

[via Macworld UK]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…