O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Leitor de notícias Pulse é destacado por Steve Jobs, mas removido da App Store logo em seguida [atualizado]

Você se lembra do Pulse, um leitor de notícias criado por ex-alunos da Universidade de Stanford e bastante destacado na web há pouco mais de uma semana? O sucesso do aplicativo nesse tempo foi tão grande que até Steve Jobs o destacou na keynote de ontem, da WWDC 2010! Pena que o efeito disso durou pouco.

Publicidade

O Pulse, segundo uma colunista do Wall Street Journal, atraiu a ira de outro jornal norte-americano, o New York Times, que ordenou à Apple a remoção do produto da App Store por infração de direitos autorais da empresa que comanda a publicação. Se você não entendeu isso, saiba que a loucura não para por aí: o próprio NYT destacara o app com um artigo bacana um dia depois de seu lançamento.

Por sorte, a confusão é fácil de se resolver: devido ao Pulse ser pago, o jornal interpretou que ele estaria fazendo uso comercial dos seus feeds RSS oferecidos gratuitamente, o que constitui uma infração aos termos de uso deles. Aparentemente, tudo o que os desenvolvedores devem fazer é tirar o conteúdo do NYTimes.com da lista de sites que entram no app por padrão, mas não sabemos quanto tempo vão demorar para fazer isso.

Publicidade

Como disse o Engadget, esse foi o melhor uso da expressão “from hero to zero” deste início de década… 😛

Atualização

Agora há pouco, o Pulse para iPad foi colocado de volta na App Store. O aplicativo está à venda pelo preço anterior de US$4 (~600KB).

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Janela da PwnageTool

Hackers já modificam PwnageTool e fazem jailbreak na versão GM do iOS 4

Próximo Artigo
Câmera do iPhone 4

E a nova câmera de 5 megapixels do iPhone 4, como se sai tirando fotos? ;-)

Posts Relacionados