O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Analistas do mercado expõem suas reações acerca do iPhone 4

iPhone 4 Ebony & Ivory

Todo lançamento da Apple gera burburinho no mercado financeiro, e o iPhone 4, destacado como maior renovação do smartphone da empresa desde a sua primeira versão, não podia ser diferente. Ontem mesmo, vários analistas de grandes firmas no mercado de ações deram suas opiniões sobre como o novo iPhone influenciará o desempenho da Maçã na Bolsa de Valores.

Publicidade

Confira as opiniões de alguns deles:

  • Shaw Wu, da Kaufman Bros.: “Acreditamos que a combinação de novo formato e novo software vão provavelmente servir de catalisador para as vendas do iPhone 4, conforme vimos no passado em relação a inúmeros produtos da NASDAQ:AAPL, incluindo MacBook Pro, iMac e iPod nano, para citar alguns.” Suas estimativas “conservadoras” são de que a Apple venda 8,05 milhões de iPhones no trimestre que termina em junho.
  • Gene Munster, da Piper Jaffray: “Apesar de as características anunciadas do iPhone 4 já serem esperadas, a verdade é que este telefone é significativamente mais avançado que as alternativas mais próximas. […] Desta forma, acreditamos que mais usuários atuais do iPhone estarão dispostos a adquirir um iPhone 4 do que vimos em relação ao iPhone 3GS.” O novo iPhone, segundo Munster, provavelmente vai superar as expectativas de Wall Street, ultrapassando a previsão de 8,7 milhões de unidades vendidas.
  • Yair Reiner, da Oppenheimer: “O iPhone 4 catapulta a categoria de smartphones avante em todos os eixos relevantes para o consumidor: sofisticação do SO, velocidade, autonomia de bateria, resolução de tela, conectividade por vídeo e qualidade da câmera. […] O iPhone 4 sugere que a maior competitividade de outras empresas despertou uma inovação quase feroz na Apple.” Reiner elevou suas estimativas para o trimestre de US$13,6 bilhões para US$14,8 bilhões e elogiou a rápida expansão internacional programada para 2010.
  • Mark Moskowitz, da J.P. Morgan: O iPhone 4 é “o aparelho obrigatório para usuários que buscam um portátil com soluções de conectividade avançadas” e “vem para aumentar a taxa de adoção por novos consumidores e também acelerar o passo dos atuais usuários.” Segundo o analista, a App Store estimulará as vendas do iPhone 4, e não seu preço.
  • Mike Abramsky, da RBC Capital Markets: Acredita que o iMovie foi uma clara demonstração de vantagem do iOS sobre o Android, por conta da integração vertical possível naquele. “Esperamos que a Apple lance outros ‘Super Apps’ para iOS que tirem vantagem da plataforma (multimídia, geolocalização, interface para toque, etc.).” A mudança de nome para iOS, segundo Abramsky, seria um sinal de que a Maçã está se preparando para “dominar a computação pessoal”, conforme gadgets com o sistema móvel superarem as vendas de PCs.

E você, o que acha? Quais as suas previsões para o iPhone 4?

[via Fortune Tech]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

CEO da AdMob fala sobre a nova política da Apple para anúncios na App Store

Próximo Artigo

Safari Reader é bem recebido por usuários, mas não por muitos web designers

Posts Relacionados