O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Melhorias de desempenho do Safari 5 são comparadas com outros navegadores

Testes de velocidade de navegadores tornaram-se complicados demais para usar e definir qual é mais rápido e qual não é: hoje, eles levam em conta inúmeros aspectos. No entanto, ainda é possível colocar a nova versão do Safari à prova para saber se as suas melhorias anunciadas pela Apple realmente podem ser confirmadas.

Publicidade

Primeiro, comecemos com JavaScript. Testei o Safari 5 em comparação com as últimas versões do Chrome e do Firefox em um Mac e um PC e os resultados do SunSpider Benchmark foram parecidos com a imagem acima, que mostra o resultado de um teste feito pelo entusiasta de produtos open source Gavin M. Roy (que também cita a última versão do Opera na lista). O novo browser da Apple aparenta ter vantagem mas ela é bem pequena, dependendo ainda das máquinas de cada usuário — as diferenças costumam ser mais evidentes em hardware menos poderoso, como um MacBook de alguns meses ou até um ano de uso.

Porém, novamente, é difícil garantir se as afirmações da Apple ou de outras desenvolvedoras de browsers são verdadeiras. Outros testes colocam o Opera ou o Chrome na frente do Safari, como as suítes usadas para ajustar a performance do browser do Google (V8) e do Firefox (Dromaeo):

Esses testes levam diferentes aspectos em consideração, mas o suporte a JavaScript dos browsers é o mesmo, sem falar que, para anunciar os navegadores comercialmente, todas as empresas do setor usam o SunSpider Benchmark. Conclusões diferentes sobre o assunto sempre existirão e mudarão de tempos em tempos, mas, de qualquer forma, é bom saber que a Apple continua jogando bem perante os competidores.

Um outro aspecto em performance de navegação não vem sendo muito explorado em web apps, mas a Apple e a Microsoft têm levado isso bem a sério ao aprimorar os navegadores nos seus próprios sistemas: aceleração de hardware para gráficos. No Mac, o Safari é capaz de usar isso ao extremo há um bom tempo por causa da sua integração com o sistema operacional, mas isso começou a virar realidade agora no Windows graças à Microsoft, que está trabalhando no novo Internet Explorer 9 para suportar web apps mais avançados.

O problema é que, mesmo com a nova versão do Safari no Windows, o desempenho obtido em um teste gráfico feito pela Microsoft com PCs não chega perto da versão de testes do IE, que tem esmagado todos os competidores neste sentido desde que foi anunciada. Embora tenha anunciado que o seu browser usa recursos gráficos no Windows que se equiparam com os do Mac, a Apple ainda precisa trabalhar isso melhor com múltiplos tipos de PCs, já que o seu suporte ainda está bem ruim.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Vídeo: VJ cria suporte que transforma iPad numa guitarra

Próximo Artigo

Ad busters atacam de novo, desta vez bem em frente ao Moscone West, em San Francisco (NSFW)

Posts Relacionados