O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mudança nos termos do iOS referentes a publicidade móvel despertam interesse da FTC [atualizado]

Logo do iAd

Lembra a polêmica acerca do uso de APIs intermediárias/compiladores no desenvolvimento de apps para iPhone, o que acabou inutilizando ferramentas da Creative Suite 5, da Adobe? Pois é, apenas troque alguns componentes dessa história e você vai ter uma continuação: como bem sabemos, a Apple promoveu mudanças nos termos do iOS que, para todos os efeitos e propósitos, impedem a AdMob (pertencente ao Google) de veicular propagandas em apps — que dirá colher informações dos usuários. Assim, mais um projeto alheio foi por água abaixo.

Publicidade

Logos da AdMob e do GoogleIsso já deu o que falar, mas agora, segundo apurado pelo Financial Times, a FTC (Federal Trade Comission) estaria pronta para investigar a situação: caso fique comprovado que a decisão da Apple prejudicará a concorrência e os consumidores, o governo norte-americano poderá intervir para permitir que as atividades da AdMob na plataforma da Maçã continuem. Em outras palavras: exatamente a mesma situação com relação ao caso Flash/compiladores.

As opiniões na internet se encontram divididas: o pessoal da AdMob diz que a decisão da Apple é nociva, mas muitas pessoas acreditam que o Google pediu por isso e que a concorrência no campo da publicidade móvel não será afetada, mas os consumidores vão ganhar por não serem mais “espionados” por plataformas de publicidade. Intervirá o governo para permitir que o Google continue xeretando os usuários do iOS? Dificilmente.

Publicidade

Como diria John Gruber, a AdMob “fez a cama, agora vai ter que deitar nela”. Agora, pra quem diz que o Android é a plataforma móvel do futuro, por que o Google não fica nela e deixa a Apple e seus iAds no iOS, cada um no seu quadrado? Obviamente, empresas independentes poderão anunciar nas duas — mas na da Maçã elas não poderão colher informações à vontade.

Pelas minhas contas, esta vai ser a terceira investigação sobre a Apple: temos o caso dos compiladores, este, da publicidade, e um envolvendo a iTunes Store (esqueci de alguma?). O jurídico da Maçã deve estar fazendo hora extra tresloucadamente, em Cupertino…

[via AppleInsider]

Atualização (12/6)

É oficial: segundo relata o Wall Street Journal, a FTC ficará encarregada de investigar as práticas da Apple em relação à participação de outras empresas no iOS, seja com a criação de compiladores (Adobe) ou com anúncios (Google/AdMob). Houve discussões entre ela e o Departamento de Justiça para decidir quem cuidaria da investigação acerca do assunto — como sabemos, a FTC já angariou conhecimentos acerca do mercado de publicidade móvel enquanto investigava a aquisição da AdMob pelo Google, então ela é a escolha lógica dentre os dois órgãos.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Appsfire removido da App Store

Depois de aguardar dois meses por aprovação de update, Appsfire desiste da iPhone App Store

Próximo Artigo
Ícone do eDistribution

eDistribution é um app que faz distribuição eletrônica de Linus Pauling em iPhones/iPods touch

Posts Relacionados