O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Segundo DigiTimes, os problemas da Apple para suprir a demanda por gadgets tendem a piorar

iPads em pé - iBooks

Esse é o tipo de problema que todo mundo gostaria de ter: seus produtos vendem tanto que não tem pra quem queira. Parece ser esse o caso da Apple, tanto com o iPad quanto com o iPhone 4. Segundo o DigiTimes, a forte demanda por produtos da Maçã tem exercido bastante pressão sobre seus parceiros na Ásia, a ponto de eles não serem capazes de elevar a produção o bastante para suprir os canais de venda.

Publicidade

iPads em pé - iBooks

As fontes da publicação taiwanesa acreditam que a escassez de componentes para fabricação de gadgets tende a piorar com as vendas do iPhone 4 (leia-se: as filas vão continuar). Ming-Chi Kuo, analista da DigiTimes, apontou que as telas deverão ser as mais afetadas e que a Apple teria encomendado a fabricação de até 3,8 milhões de iPads para a primeira metade de 2010, e 9 milhões para até o final do ano. Os modelos Wi-Fi estariam numa proporção maior que os 3G, segundo Kuo. No quatro trimestre, porém, a situação deverá se estabilizar e espera-se que a produção de gadgets normalize.

Numa nota adicional, a Apple estaria em negociações com o grupo Founder, na China, com o objetivo de prover ebooks localizados para o mercado, de forma a favorecer o iPad como um dispositivo de leitura. A estratégia da Maçã seria localizar o máximo possível sua tablet, dado que ela se basearia muito mais em consumo de conteúdo do que outros de seus gadgets.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

FarmVille chega ao iOS; suas verduras não vão mais murchar enquanto você estiver na balada

Próximo Artigo

Deputados norte-americanos pedem resposta da Apple sobre coleta de localização de usuários

Posts Relacionados