O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Embora a HP tenha ficado com a Palm, Apple e Google chegaram a considerar sua compra

Fusão da HP com a Palm

Até hoje, a compra da Palm pela HP aparentava ter sido tranquila, mas parece que a coisa nos bastidores pode ter passado um pouco longe disso. Hoje, o Silicon Alley Insider revelou que a criadora do sistema operacional móvel webOS chegou a ter contato com 16 potenciais compradores até abril, quando a venda para uma das gigantes do mercado de PCs foi anunciada.

Publicidade

Fusão da HP com a Palm

Das 15 companhias que perderam a chance de ficar com a Palm, há alguns nomes que merecem destaque, e o SAI foi atrás de detalhes sobre eles. Apple e Google tinham enorme interesse na propriedade intelectual que a sua concorrente mantém registrada junto ao governo norte-americano, ou seja, a intenção delas aparentemente era dissolver a futura aquisição e abocanhar os quase 900 inventos registrados pela Palm durante todos os anos em que esteve ativa no mercado.

Contudo, a Apple não ofereceu o bastante para evitar que a Palm fosse arrematada por outras companhias — segundo fontes, a Maçã pagaria apenas US$600 milhões, a metade do que foi oferecido pela HP —, enquanto o Google acabou deixando a disputa de lado, sem certeza de que sua principal ameaça no mercado móvel iria adiante em uma negociação com a empresa. Além delas, a Research In Motion (RIM) quase conseguiu fechar a compra, mas aparentemente não pôde oferecer a mesma pilha de grana que a HP possuía em mãos, então acabou desistindo do acordo.

O mais curioso dessa história é que as potenciais compradoras da Palm não deram nenhum valor inicial ao seu trabalho com a plataforma webOS e sua nova geração de smartphones, mas, quando se viram na oportunidade de comprá-la, transformaram os seus últimos dias como uma empresa independente bem mais disputados do que o esperado. Hoje, a HP possui diversos planos para a plataforma móvel criada com a participação do ex-chefe de hardware da Apple, que deverá atuar tanto em dispositivos móveis quanto em impressoras.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Sede do Google em Mountain View

Lucros do Google crescem 24% no segundo trimestre fiscal de 2010

Próximo Artigo
Problema de antena do iPhone 4

Analista acredita que Apple consertará iPhones 4 em suas próprias lojas

Posts Relacionados