O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Forrester: interesse por tablets acessórias é grande, consumidores veem além do iPad

Tablets (com iPad)

Uma pesquisa divulgada recentemente pela Forrester trouxe várias informações interessantes sobre o potencial do mercado de tablets nos Estados Unidos. Uma curiosidade (e má notícia para geeks hardcore): os consumidores não veem tablets como computadores principais, então reproduzir neles a complexidade de um PC (ou Mac) não é recomendável, o que indica uma vantagem do iPad sobre concorrentes que pretendem usar o Windows 7 — e ajuda a entender por que a Apple não usou o Mac OS X.

Publicidade

Tablets (com iPad)

O mundo é grande demais para uma tablet apenas.

A razão para isso é simples: quem tem ou planeja ter uma tablet já conta com máquinas maiores, sejam desktops ou laptops, logo é compreensível que um gadget menos poderoso e com interface completamente diferente (toque, no lugar de teclado/mouse) use um SO distinto e otimizado para suas capacidades mais modestas. É como imaginar que um sapato social é excelente para ir a um casamento, mas perde feio para uma pantufa, quando o assunto é ficar em casa.

Intenção de compra de tablets; Forrester Intenção de compra de tablets; Forrester

Cerca de 14% dos entrevistados nesta pesquisa planejam comprar uma tablet nos próximos 12 meses — ou seja, 27 milhões de pessoas, se aplicarmos esse percentual à população de compradores online nos EUA. Esses números se destacam mais ainda quando comparados a outras intenções de compras: 4% para desktops, 8% para netbooks, 11% para ereaders e 13% para notebooks. E o mercado parece ser grande para mais de um produto, pois, apesar de ter uma vantagem temporal, o iPad não é a única tablet almejada por potenciais compradores: muitos planejam adquirir produtos de outras marcas, embora ainda não exista concorrência concreta.

“Apesar de o iPad ser a única tablet amplamente disponível no mercado hoje, elas entraram na consciência dos consumidores em um período muito curto”, disse Sarah Rotman Epps, analista de consumo de produtos na Forrester. Vale notar que tal interesse só irrompeu agora, apesar de a Microsoft ter um largo histórico de promover PCs com telas sensíveis ao toque, mas interfaces completamente voltadas para mouse e teclado. Infelizmente tem gente que não aprende com erros do passado.

Intenção de compra de tablets; Forrester Intenção de compra de tablets; Forrester

Outras revelações da pesquisa foram que donos e potenciais compradores de iPads não são necessariamente usuários de Macs ou iPhones: uma boa parte dos entrevistados com interesse na tablet da Apple possuem produtos de outras marcas. Isso pode ser um sinal de que o “Efeito Halo” em potencial será bem grande. O perfil dos consumidores de olho em tablets também aponta o consumo de conteúdos como foco de interesse, sendo maior ainda entre os que optam pelo iPad — apesar de a criação definitivamente não estar fora de cogitação.

Você pode ver o relatório completo da Forrester aqui (PDF; 590KB).

[via Wired]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone do Mobits Cam

Mobits Cam aplica efeitos em fotos tiradas com o iPhone em tempo real

Próximo Artigo
Patente de MacBook com tela sensível ao toque

Apple garante dez patentes diferentes, todas relacionadas a tecnologias para telas LCD IPS

Posts Relacionados