O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Valor da marca Apple cresce 37% e é agora o 17º maior no mundo

Do ano passado pra cá, o valor de marca da Apple disparou 37%, chegando a US$21,1 bilhões. Com isso, ela foi da 20ª para a 17ª posição no ranking.
Top 100 de marcas da Interbrand

Como faz todos os anos, a Interbrand divulgou hoje seu 11º ranking das 100 “Melhores Marcas do Mundo” [veja os anteriores: 2008, 2009].

Publicidade

Top 100 de marcas da Interbrand

Do ano passado pra cá, segundo a pesquisa, o valor de marca da Apple disparou 37%, chegando a US$21,1 bilhões. Com isso, ela foi da 20ª para a 17ª posição no ranking.

A Apple teve outro ótimo ano. O buzz negativo sobre o nome iPad foi rapidamente tomado por vendas aceleradas e ávidos convertidos. Enquanto isso, as vendas do iPhone 4 atingiram a marca de 1,5 milhão no seu primeiro dia. Ela continua controlando suas mensagens muito cuidadosamente, o que cria buzz e expectativa enormes. Campanhas de publicidade e websites interativos continuam distintos e consistentes, mantendo toda a marca excepcionalmente elevada. Se a marca tem uma falha, é a sua incapacidade de entregar novos produtos em perfeito funcionamento. Este ano, problemas de recepção do iPhone 4 obrigaram Steve Jobs a se desculpar publicamente — e deixou as portas abertas para críticas públicas. A Apple também pode aprimorar seu perfil de cidadania corporativa, que continua neutro. Apesar de ser parceira do PRODUCT (RED) Global Fund, isto continua relativamente desconhecido.

As cinco primeiras marcas do ranking da Interbrand são, agora, Coca-Cola (US$70,4 bilhões), IBM (US$64,7 bi), Microsoft (US$60,9 bi), Google (US$43,6 bi) e General Electric (US$42,8 bi). Google e BlackBerry chegaram perto, mas nenhuma se valorizou mais que a Apple; elas subiram 36% e 32%, respectivamente.

[via ViuIsso?]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Acessos mobile ao MacMagazine, via sistemas operacionais

Erramos: números mais recentes de acesso ao MacMagazine não incluem acessos mobile

Próximo Artigo
Paul Thurrott

Blogueiro confirma que Microsoft já trabalha em apps para iPad

Posts Relacionados