O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Rapidinhas do MM: detector de mulheres no iOS, Linux remoto no iPad e pegadinha no Apple TV

Streaming do iTunes para Apple TV

Periodicamente, reunimos nas Rapidinhas do MM tópicos sucintos com assuntos menos relevantes, que não achamos significantes o suficiente para virarem artigos completos por aqui, mas que podem interessar a muitos de vocês.

Publicidade

Eis a nossa seleção de hoje. 😉

Streaming do iTunes para Apple TV

  • Aluguéis do iTunes fazem pegadinha quando são vistos no novo Apple TV (MacRumors): conteúdo alugado na loja da Maçã tem sempre o mesmo comportamento geral — você tem 30 dias pra começar a ver, e depois 24/48 horas para terminar ou rever quantas vezes quiser. Só que um filme alugado no iTunes e transmitido para um Apple TV não dispara nenhum alerta nem altera a validade do arquivo no computador. What gives? Será um bug? Não, é uma feature. 😛 O iLounge matou a charada, é apenas uma questão de atualizar o arquivo no computador, pois o set-top box envia bonitinho as informações pra nave-mãe. Daí, quando você tentar ver o filme no iTunes, ele vai atualizar a validade do arquivo e, bem, tudo acontecerá como deve ser. Ah, e o AirPlay ainda não funciona com vídeo — esses e outros 13 detalhes estão disponíveis no post do iLounge. 😉
  • Wheretheladies.at no iOSWheretheladies.at diz exatamente isso (TechCrunch): esta é uma daquelas ideias geniais que ninguém teve — até agora. Um site que registra informações de check-in do Foursquare e provê sempre o lugar mais próximo de você com o maior número possível de mulheres, com base nos primeiros nomes delas. E sim, vai virar um app para iOS que mostra apenas a direção e a distância do local mais próximo, não deixe de conferir informações no Twitter. Agora falta só criarem o Wherethegents.at para os rapazes também poderem ser caçados por garotas geeks. 😉
  • Um cliente remoto de Linux para o iPad (Net-Security.org): claro que existem vários apps que proveem acesso remoto a outros sistemas operacionais na tablet da Apple, mas o iLIVEx é tão leve e rápido que pode valer muito mais a pena. Quando dizem que ele proporciona respostas do nível de uma LAN mesmo usando conexões 3G, é porque a coisa é boa — e ele ainda é altamente tolerante a erros e quedas de conexão. Além disso, a StarNet oferece um desktop Linux em seus servidores com a compra do app de US$15 [3,6MB; requer o iOS 3.2 ou superior em iPads].
  • O sistema operacional não importa mais (Monday Note): Jean-Louis Gassée, ex-executivo da Apple, fala que tudo virou Unix. Mac OS X, Android, Linux (nos maiores servidores do mundo), QNX, MeeGo… a única exceção é o Windows — mas os PCs já estão mesmo num platô do mercado. Agora o que importa são os apps, e as App Stores da vida são a killer-feature desta era, e o que faz o sistema operacional, no fim das contas, é a experência do usuário e as ferramentas de desenvolvimento. O resto é Unix.
  • ACDSee Pro for Mac ganha edição não-destrutiva em sua versão Beta 1.4 (MacNN): além desse recurso importante, a interface do editor de fotos foi melhorada e ele ganhou suporte a metadados no padrões IPTC Core, Extended e IIM, alcançando as características da versão 3 para Windows. A Beta 1.4 pública pode ser baixada aqui e requer um Mac Intel com o OS X 10.5 ou superior e 500MB de RAM (recomenda-se 1GB).
  • Bradesco lança app para quem investe no mercado de ações (App Store): mais um projeto desenvolvido pela Maya, o Bradesco Trading leva os serviços de Home Broker direto para seu iPhone. É um app realmente voltado para os investidores, oferecendo as principais operações disponíveis para os correntistas, mas também conta com diversas seções informativas, para ajudar nas decisões financeiras. É gratuito, pesa 5MB e requer o iOS 3.0 ou superior.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple finalmente exalta tela Retina do iPhone 4 em seu mais novo comercial, "Every"

Próximo Artigo
Caixa do AutoCAD 2011 para Mac

Ansioso pela chegada do AutoCAD 2011 para Mac? Conheça já a caixa do produto

Posts Relacionados