O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Yahoo! Messenger deverá trazer vídeo-chamadas para o iOS e o Android

Yahoo! - logo

De repente, qualquer serviço mequetrefe de mensageiro instantâneo com suporte a conversas por vídeo virou um concorrente para o FaceTime. A bola da vez é o Yahoo! Messenger, que supostamente chegará em breve para o iOS e o Android já com o recurso, segundo contou à Reuters David Katz, vice-presidente do setor mobile da empresa nas Américas.

Publicidade

Logo do Yahoo!

O serviço de mensagens instantâneas tem 81 milhões de usuários no mundo todo e seu app móvel gratuito permitirá que chamadas em vídeo sejam feitas tanto de redes Wi-Fi quanto 3G, assim como outros serviços já disponíveis na App Store (fring e Tango).

Retomo o questionamento do começo do post: por que as pessoas acham que isso concorre com o FaceTime? Desde que o mundo é mundo aplicativos de mensagem instantânea oferecem chamadas por vídeo — isso não é onde o serviço da Apple se destaca. O que usuários com iPhones 4 e iPods touch têm é uma forma rápida, fácil e gratuita de se comunicar com outras pessoas, as quais não precisam estar simultaneamente online em um mesmo serviço de bate-papo, se sujeitando a receber mensagens de texto de outros contatos.

Muita gente pode pensar que a limitação a redes Wi-Fi é o fim da picada, mas paremos pra pensar um instante: em casa, no trabalho, na faculdade, na escola, em hotéis, centros de compra, praças de alimentação, fast foods, restaurantes, bares, salas de espera de médicos… De dois anos pra cá, Wi-Fi se tornou algo onipresente o bastante para tornar esse requisito menos traumático. A qualidade do serviço das operadoras, por outro lado, não evoluiu o bastante para prover uma conversa por víd… sem flut… açõ… ou per… de quali… FIM DA CHAMADA.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Steve Jobs psicodélico na ALFA

Arte psicodélica de Steve Jobs está na edição de outubro da revista ALFA

Próximo Artigo
Apple Logo Pro

Oppenheimer: Apple ainda não é grande demais para crescer; rumores de iPhone CDMA podem prejudicá-la

Posts Relacionados