O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Será desta vez que a Apple vai passar a marca dos US$20 bilhões em receita trimestral? [atualizado]

Dinheiro e Steve Jobs

Esta regra é básica: quer impressionar alguém? Mantenha as expectativas baixas. Um bom exemplo disso é a performance financeira da Apple: na divulgação dos resultados do Q2 2010, Peter Oppenheimer declarou que, “olhando à frente para o terceiro trimestre fiscal de 2010, esperamos uma receita na faixa de US$13 bilhões a US$13,4 bilhões, com ganhos por ação diluída entre US$2,28 e US$2,39”.

Publicidade

Dinheiro e Steve Jobs

Três meses depois, o resultado foi de US$15,7 bilhões, com lucro líquido de US$3,25 bilhões — ou US$3,51 por ação diluída. Ou seja, a realidade superou as expectativas em 17%.

Dado que o mesmo Oppenheimer nessa ocasião previu “um faturamento de cerca de US$18 bilhões, com ganhos por ação diluída na faixa dos US$3,44”, o que devemos esperar no próximo dia 18, quando serão divulgados novos resultados? Faça as contas: se o padrão desse período for repetido, a Maçã anunciará mais de US$21 bilhões em receita!

Phillip Elmet-DeWitt, do Fortune Tech, está de olhos bem abertos para esses números e preparou o gráfico abaixo, mostrando os ganhos passados da Apple e uma previsão feita com base na média de inúmeras estimativas de analistas amadores e profissionais. Aliás, Elmet-DeWitt chegou até a calcular a superação média da Apple sobre as próprias expectativas: 19,3% — um pouco maior que o número que coletei dos dois desempenhos passados.

Estimativa de receita da Apple no Q42010 - Fortune Tech

De nove analistas amadores entrevistados (inclusive Horace Dediu, que costumamos acompanhar aqui), apenas dois esperam valores abaixo dos US$20 bilhões: Dennis Hildebrand (US$19,53 bilhões; Apple’s Gold) e Andy Zaky (US$19,11 bilhões; Bullish Cross).

Publicidade

Contudo, a média geral ficou “baixa” porque apenas 1 dos 21 analistas profissionais entrevistados prevê receitas acima dessa marca: Ashok Kumar (US$20,1 bilhões; Rodman & Renshaw). Gene Munster, da Piper Jaffray, por sinal, foi o mais conservador entre os conservadores, mantendo sua previsão alinhada tal e qual a da Apple: US$18 bilhões.

Será que os analistas amadores vão dar um baile nos profissionais? No dia 18 de outubro saberemos. 😉

Atualização

One more thing… Lembra que em julho comentamos a tendência de que a Apple passe a Microsoft não apenas em market cap, como também em faturamento trimestral? Dê mais uma olhada no gráfico da época:

Faturamento da Apple vs. Microsoft

Se esse padrão persistir (e não dá mais tempo pro Windows Phone 7 intervir), parece que pelo menos neste trimestre a Maçã vai ultrapassar a gigante de Redmond neste quesito. Depois, vai faltar só mesmo o lucro líquido para a Apple poder se afirmar de vez sobre a Microsoft.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone do Noogle Noggles

Delicious Monster lança Noogle Noggles, aplicativo para uso com o Google Goggles

Próximo Artigo

Uma baixa da Guerra dos Clones: Apple consegue parar vendas do Meizu M8 na China

Posts Relacionados