Analistas veem muito potencial no lançamento do FaceTime para Macs

Lei de Metcalfe aplicada ao FaceTime - Fortune Tech

Reza a Lei de Metcalfe que “O valor de um sistema de comunicação cresce na razão do quadrado do número de usuários do sistema.” Sendo assim, o valor do FaceTime aumentou um pouquinho ontem, quando todos os usuários do Snow Leopard se tornaram parte potenciais dessa rede de comunicação.

Publicidade

Lei de Metcalfe aplicada ao FaceTime - Fortune Tech

Chris Whitmore, do Deutsche Bank, acredita que foi pensando nessa Lei que a Apple investiu no aplicativo para Mac OS X, obviamente com o objetivo de acelerar a adoção de sua plataforma de comunicação. Na terça-feira, ela conectava 19 milhões de gadgets, mas em 2013 algo em torno de 300 milhões de eletrônicos deverão estar interligados por ela, disparando o número de conexões possíveis para 40 trilhões — isso apenas contando iPhones, iPods, iPads e Macs. “O FaceTime não apenas se soma às muitas coisas que fazem dos produtos da Apple os mais fortes da história”, Whitmore conclui. “Ele também tem o potencial de aumentar exponencialmente a permanência da plataforma.”

Shaw Wu, da Kaufman Bros., crê que a chegada de um aplicativo do FaceTime para Windows poderá torná-lo um rival de peso para serviços tradicionais, como o Skype. Já Ben Reitzes, da Barclays, acredita que deixar o Mac mais semelhante aos produtos de maior sucesso da Apple poderá intensificar o “Efeito Halo”, impulsionando mais ainda a venda de computadores.

Publicidade

Adicionando meus dois centavos: agora que todo Mac tem potencial de fazer uma chamada de vídeo usando a internet, é melhor as operadoras rezarem para o FaceTime nunca ser liberado oficialmente via redes 3G, ou a galinha dos ovos de ouro delas (os retrógrados planos de voz) vai morrer.

[via Fortune Tech]

Posts relacionados

Comentários