O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Patenteie para travar: rádio inteligente na nuvem, tethering melhorado, LCD de baixo consumo e mais

Patente de rádio inteligente na nuvem

Até agora, apenas iPods nano tiveram a graça de receber um sistema de rádio FM, enquanto iPads, iPhones e iPods touch têm que usar a internet ou apps para ter acesso ao conteúdo de emissoras — uma forma interessante de evitar o pagamento de royalties por um sintonizador FM. Uma tecnologia da Apple divulgada hoje poderá tornar o uso desse tipo de serviço de rádios acessadas da nuvem mais inteligente.

Publicidade

Patente de rádio inteligente na nuvem

Segundo o documento, um aparelho com acesso a determinado conteúdo poderia monitorar o ponto de execução de forma a, caso ocorra um desligamento intencional ou acidental, fique registrado o último trecho ouvido. Você poderia, pois, estar escutando um programa de rádio no iPhone via 3G e, no caso de perder o sinal ou desligar o gadget, seria possível voltar ao programa exatamente no ponto em que ocorreu a interrupção. E mais: o invento registra inclusive a possibilidade de o aparelho buscar automaticamente fontes alternativas para o conteúdo!

Outros inventos relacionados a rádio descrevem formas de alternar entre conteúdos remotos e locais e indentificação de estações com base em preferências pessoais. Pelo visto o pessoal de Cupertino estava bem interessado em programação de rádio nos seus gadgets, ou então essas patentes são apenas uma ferramenta para trollar quem quiser ameaçar a iTunes Store através de ondas FM.

Publicidade

Outro invento interessante registrado recentemente diz respeito a uma tecnologia alternativa para telas LCD que poderia reduzir sensivelmente o consumo de energia delas e, como bônus, amenizar a fadiga visual causada pela alternância de estado dos pixels. O invento é intitulado “Staggered Line Inversion and Power Reduction System and Method for LCD Panels” e poderia ser aplicado tanto a gadgets portáteis — como o iPhone ou o iPad — quanto a MacBooks, pois ambas as categorias desfrutariam de maior autonomia, mas eu não descartaria seu emprego em desktops, dada a redução do cansaço visual e a possibilidade de consumir menos eletricidade — superverde.

Patente de inversão alternada de linhas em LCDs

Mais um invento, este relacionado à função de tethering (ou compartilhamento de internet): a Apple registrou uma forma melhorada desse recurso, de forma que várias conexões poderiam ser estabelecidas simultaneamente por diversos aplicativos e serviços em um smartphone e um aparelho com o qual ele compartilhe sua conexão.

Patente de tethering melhorado

Outros registros dignos de nota: um conector de fones de ouvido sem borda, o registro da marca “Bumpers” na China, um método de gerar sumários/índices dinamicamente em documentos HTML e um DVR (Digital Video Recorder) que combina discos rígidos e memórias NAND flash para obter maior desempenho.

[via AppleInsider; Patently Apple: 1, 2, 3, 4]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iLife 11 ainda 32 bits

Softwares da suíte iLife '11 ainda não foram convertidos para 64 bits

Próximo Artigo
PadDock 10 com iPad

PadDock 10 adiciona sistema de som estéreo ao iPad e quase faz dele um iMac touchscreen

Posts Relacionados