O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Opinião: a Mac App Store não foi feita pros desenvolvedores que estão cheios de #mimimi pra cima dela

Mac App Store hoje, teoricamente - Marco Arment

Marco Arment, o desenvolvedor responsável pelo famoso Instapaper, tem uns insights que são muito, muito interessantes — tanto que ele está na minha lista de feeds obrigatórios. Desta vez, porém, ele se superou, evidenciando que a Mac App Store pode vir a ser uma loja não para as grandes potências de software que vivem hoje no ecossistema do OS X, mas sim para uma nova geração de desenvolvedores.

Publicidade

A Mac App Store teoricamente se posiciona assim com os demais aplicativos do OS X:

Mac App Store hoje, teoricamente - Marco Arment

Em breve ela vai estar assim, quantitativamente:

Mac App Store em breve - Marco Arment

O motivo para isso é simples: os aplicativos populares que existem hoje fora da Mac App Store provavelmente vão continuar assim. Para Marco, muitos fatores vão ser determinantes para isso, como a proibição ao uso de APIs privadas, impossibilidade corrente de cobrar por upgrades, inexistência de um modelo de demonstração gratuita de aplicativos completos e outros.

Publicidade

No final das contas, depois de um tempo os aplicativos da Mac App Store poderão ser vistos como uma forma a mais de entretenimento. Assim como você paga alguns trocados por duas ou três horas de diversão num cinema, também seria possível pagar uma quantia módica por um aplicativo leve, de utilidade limitada, mas eficiente no que se propõe a fazer, seguro e descartável. Se você parar pra pensar, esse modelo de negócios não existe no Mac, atualmente — o mais perto que temos disso é o Steam, da Valve, exclusivamente dedicado a jogos pesados.

Publicidade

Desenvolvedores que não perderem tempo com #mimimi e embarcarem nesta proposta da Apple vão ser beneficiados por um público potencial crescente, um sistema de pagamentos simplificadíssimo, vão poder criar sites para seus apps focados em tudo, menos em ser uma loja virtual, e não vão mais ter dores de cabeça com questões de suporte quanto a instalação e números seriais. Tudo isso culminará numa economia paralela de microtransações (Marco aposta que a grande maioria dos apps vai custar menos de US$15, ficando a maior porção entre US$5 e US$10) que vai coexistir com o modelo atual.

Estimativa arbitrária de preços na Mac App Store - Marco Arment

Em outras palavras, os desenvolvedores que já têm ou que pretendem cultivar uma clientela independente, e até os que se sentem “excluídos” da Mac App Store por conta das políticas de aprovação não precisam achar que o mundo vai se acabar ou sair por aí espalhando que Steve Jobs come filhotes de foca no café da manhã: há Macs para todo mundo, e a tendência é a quantidade deles crescer sem parar nos próximos trimestres.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPad para negócios

Ingram Micro reconhece interesse crescente de empresas pelo iPad

Próximo Artigo
Clone de iPad com Android

Eis mais um clone do iPad, equipado com o Android "Froyo" 2.2

Posts Relacionados