O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Vídeo: para algumas crianças com deficiências, o iPad é, de fato, mágico

Owen Cain e seu iPad

A história pode soar repetitiva, afinal de contas não é a primeira vez que falamos de algo do tipo aqui, mas reiteradamente ficamos perplexos como a tecnologia pode servir a funções inesperadas. Pelo menos é o que eu acho: duvido muito que os engenheiros e designers da Apple tenham feito o iPad pensando no quanto ele seria útil para crianças com deficiências motoras.

Publicidade

Apesar disso, histórias como a de Owen Cain, contada pelo New York Times, se repetem:

Reclamações sobre o uso de Flash, para o New York Times.

Publicidade

Portador de uma deficiência motora grave, o garotinho depende de ajuda para tudo. Entretanto, com um iPad, ele foi capaz de ler um livro (Alice for iPad) sozinho pela primeira vez, virando as páginas virtuais apenas com o mais tênue dos movimentos de sua mão. Usando um app como o Proloquo2Go, ele pode comunicar ideias com apenas um toque — mas foi o teclado virtual que permitiu a ele expressar um desejo próprio, não contido nesse app: “Eu quero ser o Han Solo no Halloween”, escreveu o pequeno geek. 🙂

Nessas horas, quem se importa com uma porta USB a mais, saída HDMI ou acesso irrestrito ao sistema de arquivos do iOS? Só é uma pena que seguradoras ainda não financiam a aquisição de gadgets “comuns” (que não tenham finalidade especificamente médica), mesmo quando seu uso é prescrito por um profissional da saúde e eles custem muito menos que um aparelho criado especificamente para portadores de necessidades especiais.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo do iAd

Apple resolve secretamente disputa judicial acerca do uso da marca "iAd"

Próximo Artigo
Ícone do TEDx Amazônia

TEDx Amazônia ganha aplicativo oficial para iPhones/iPods touch

Posts Relacionados