O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

CTO da Adobe tenta defender uso do Flash em Macs, mas não se sai muito bem

We LOVE Apple - Adobe

Na semana passada, uma série de reportagens internacionais comprovou que rodar o Flash Player num dos novos MacBooks Air pode comer bastante autonomia de bateria — até duas horas, em testes realizados pelo Ars Technica.

Publicidade

We LOVE Apple - Adobe

A Adobe, é claro, não ia ficar quieta diante de tamanha publicidade negativa sobre sua tecnologia. E uma declaração oficial chegou hoje, através do CTO Kevin Lynch:

É um argumento falso a se fazer, o de consumo de energia. Quando você está exibindo conteúdos, qualquer tecnologia usará mais energia para mostrá-los, em vez de não mostrar nada. Se você usar HTML5, por exemplo, para exibir propagandas, ele utilizaria mais poder de processamento que o Flash.

Ok, essa declaração tem duas partes. A primeira, bastante irônica, foi bem explicada pelo TechCrunch: para Lynch, uma boa justificativa para explicar o consumo de bateria do Flash é dizer que o fato de consumirmos conteúdos por si só já contribui para isso. Ok, então vamos todos deixar nossos computadores desligados, pois assim economizamos bateria.

Publicidade

Já a parte sobre o HTML5 é muito polêmica e duvidosa, bem como requereria testes apurados e justos que comprovassem essa afirmação do executivo. O que eu mais vejo por aí são pesquisas que mostram o consumo excessivo de bateria pelo Flash, e na verdade nem preciso ir muito longe: basta observar o comportamento do meu próprio MacBook Pro com ele rodando. É difícil achar alguma outra coisa que eu faça por aqui que afete tanto a CPU da minha máquina e jogue a sua temperatura pros ares como animações/vídeos em Flash.

Em paralelo, o executivo continua com todo o #mimimi da Adobe que estamos cansados de ver nos últimos tempos, por ela continuar barrada pela Apple em não colocar o Flash em dispositivos com iOS. Agora, Lynch apela para o lado emocional dos criadores de conteúdo, que teriam “anos de trabalhos desperdiçados e inacessíveis” por uma escolha supostamente ditatorial e cruel da Maçã. Heh.

[via Fast Company]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Nova tecnologia de touchscreen da Hitachi

O futuro das telas sensíveis ao toque pode se tornar amigável a luvas

Próximo Artigo
.Mac HomePages se aposentando

Lembrete: hoje é o dia final de funcionamento do serviço .Mac HomePage

Posts Relacionados