O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Opinião: Jean-Louis Gassée prevê que iOS e OS X vão convergir, mas continuar diferentes

Mac OS X 10.7 Lion no MacBook Air

A Apple anuncia o iPad, e alguém reclama que “Não roda o OS X!” Daí ela anuncia um MacBook Air impossivelmente pequeno, e alguém reclama que “Não roda o iOS!” Será que uma tablet com o OS X ou um Mac com o iOS são o futuro? Tem quem ache que as novidades do Mac OS X 10.7 Lion, trazidas diretamente do iPad, são indicação de que um dia vamos usar o sistema operacional móvel da Apple em notebooks e desktops, mas para Jean-Louis Gassée, ex-executivo da Apple na área de produtos, a coisa vai ser um pouco diferente.

Publicidade

Mac OS X 10.7 Lion no MacBook Air

Para Gassée, OS X e iOS representam dois extremos no espectro de usabilidade de sistemas operacionais: um carrega mais de 25 anos de história e tradição, camadas e mais camadas de funções tendo sido formadas lentamente como os estratos geológicos de um acúmulo sedimentar; o outro é jovem, novo e livre da maioria dos paradigmas e níveis de complexidade de seu irmão mais velho. Um é complexo, mas ilimitado; o outro é simples, mas limitado — e as pessoas, como sempre, querem tudo ao mesmo tempo: simples e ilimitado, de preferência.

A resposta para isso não seria enfiar um ou outro sistema operacional num ambiente que não lhe é favorável. Se o iOS nunca teve um cursor de mouse, qual o sentido de prendê-lo num computador com teclado? Se o OS X foi concebido desde o início para uma interface de teclado e mouse, pra que repetir os erros da Microsoft, que insiste em acreditar que o Windows é amigável aos dedos?

O futuro pode estar num sistema operacional compartilhado, sim, mas com duas facetas devidamente adaptadas para os contextos corretos: um modo para “reclinar-se” (e consumir: textos, vídeos, jogos, etc.) e um modo para “debruçar-se” (e produzir). O melhor que o iOS pode oferecer hoje para o OS X não é uma interface para touchscreens, mas a possibilidade de deixar o passado para trás e investir em algo verdadeiramente novo. As mudanças visuais do Lion podem ser só o começo.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo da NBC

Aquisição da NBC pela Comcast pode acabar sendo benéfica para a Apple

Próximo Artigo
Segundo iLearn Hi Soluções

Cobertura completa do 2º iLearn da Hi Soluções, em Blumenau

Posts Relacionados