iPad e Kinect conversam, decidem se tornar uma tecnologia para fazer clipes psicodélicos

Chris Rojas, iPad e Kinect

O vídeo abaixo poderia facilmente ser parte do making-of de um clipe musical assinado por algum artista de vanguarda, daqueles que fazem coisas que só pessoas inteligentes entendem. Veja só:

Publicidade

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=e8h6DL0Dc84[/youtube]

Como este vídeo é mudo, é bom você adicionar uma trilha sonora. Recomendo Feist.

Os cubos flutuantes acima são uma viagem muito louca, verdade, mas eles funcionam graças ao trabalho de Chris Rojas, que desenvolveu um app para transformar informações de profundidade do Kinect em dados que podem ser transformados nessas imagens. E tudo é controlado via iPad, usando a ferramenta TouchOSC. Com isso, Rojas controla a profundidade de diferentes “planos de interesse” através de sliders na tela do iPad e, com o acelerômetro da tablet, posiciona a câmera virtual que “filma” os cubos, quase como o James Cameron em “Avatar”.

Veja como a coisa funciona do outro lado do teclado (de um MacBook Pro, diga-se):

Publicidade

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ocoiov2aot4[/youtube]

Como era mesmo a piada? “Um iPad e um Kinect entram em um bar…”

[via Engadget]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…