O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Fabricante de desfibrilador “I-PAD” insiste em criar problemas para Apple e revendas no Brasil

i-PAD NF1200, da CU Medical Systems

i-PAD NF1200, da CU Medical SystemsQuando a gente achava que o caminho para o iPad já estava aberto no Brasil, parece que tem gente que ainda quer causar dores de cabeça para a Apple. Aliás, não só para ela, mas também para suas revendas.

Publicidade

A Transform Tecnologia de Ponta, distribuidora nacional do desfibrilador cardíaco da sul-coreana CU Medical Systems, decidiu comprar briga e só aguardou a meia-noite de hoje para abrir um processo judicial contra a Apple e todas as redes que estão comercializando o iPad. A primeira da lista foi a Fast Shop — segundo o colunista Lauro Jardim, do Radar on-line.

Em abril isso de fato foi cogitado como um possível problema para a Apple Brasil, mas logo depois um representante do próprio Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) garantiu que a disputa de nome não seria válida. Afinal de contas, um desfibrilador pertence a uma categoria um pouquinho diferente da do iPad; além disso, no caso dela, “I-PAD” é abreviação de Intelligente Public Acess Defibrillator.

A Transform contesta o uso da marca iPad pela Apple porque a sua, registrada em 2007, englobaria não só um aparelho de saúde, mas também computadores. É evidente que a Apple comprará qualquer briga que essa empresa venha a criar nos tribunais brasileiros. E provavelmente ganhará.

[dica do Pierre Freire]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
mophie juice pack plus para iPhone 4

juice pack plus, da mophie, é uma nova case com bateria de longa duração para iPhone

Próximo Artigo
Logo da Electronic Arts

Vice-presidente da Electronic Arts acredita que a Apple pode ser bem-sucedida no mercado de videogames

Posts Relacionados