O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Patenteie para travar: antenas atrás de logos e simulador de displays

Costas do iMac

Este invento certamente já é velho conhecido nosso, e agora ele é exclusividade da Apple. Sabe o que o iMac e o iPad têm em comum? Vou dar uma dica visual…

Publicidade
Costas do iMac Costas do iPad

Ambos têm uma maçã preta em suas costas de alumínio, e, nos dois casos, esse logo esconde uma antena Wi-Fi. Pois bem, a Apple registrou justamente isso: a possibilidade de posicionar uma antena atrás de um logo, de forma a aproveitar o espaço interno de um aparelho eletrônico e evitar a interferência de materiais da carcaça.

Patente de antenas atrás de logos

A patente, claro, procura ser a mais abrangente possível, descrevendo implementações em desktops, laptops, tablets e portáteis de mão, além de relógios de pulso, pingentes(??) e fones de ouvido. Além disso, apesar de as implementações atuais serem restritas a Wi-Fi, o documento faz referência a outras formas de comunicação sem fio, incluindo frequências telefônicas e sinais de GPS. “Seguro morreu de velho”, sabe como é…

Publicidade

· · ·

Uma patente curiosa descreve um aplicativo para testar padrões de display simulados num sistema operacional. Explicando: digamos que um novo padrão está surgindo e desenvolvedores querem preparar aplicativos que tirem total proveito dele — ou que ao menos funcionem sem provocar bugs horrorosos. Normalmente, seria preciso esperar o hardware ficar pronto e só então começar a trabalhar no software.

Patente de simulador de displays virtuais

Com o simulador de displays, os testes poderiam ser feitos antes mesmo de o hardware chegar ao mercado, usando telas virtuais para fazer verificações, debugging, benchmarks, etc. Será que isso indica que novas tecnologias de tela vêm aí, e a Apple já está se preparando para introduzi-las sem grandes traumas?

Publicidade

· · ·

Publicidade

Talvez, mas por enquanto tudo o que sabemos é que foi registrada uma nova forma de prover iluminação traseira uniforme em displays usando uma fonte de luz marginal. O segredo estaria em empregar uma camada refratária para redirecionar a luz lateral como se ela viesse de trás.

Patente de iluminação traseira com fonte de luz lateral

Uma tecnologia deste tipo resultaria em telas mais finas e com maiores luminância e ângulos de visualização, quando comparada com métodos tradicionais de iluminação lateral.

[via Patently Apple: 1, 2]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Steve Jobs - Personalidade do Ano da Financial Times

Steve Jobs é eleito pela Financial Times como "Personalidade do Ano"

Próximo Artigo
Ion Personal Genome Machine - Life Technologies

Chegou o dock que faltava para seu iPhone/iPod touch: um sequenciador pessoal de DNA!

Posts Relacionados