Fabricantes de displays estão desnorteados com tantas tablets sendo feitas em 2011

Market share do iPad entre tablets - iSuppli

Há um ano o iPad surgiu e tomou o mercado de assalto, isolando-se numa categoria que era completamente desprovida de produtos sérios. Em 2011, porém, o cenário está bem diferente e todo mundo quer entrar no mercado de tablets. Isso é bom (concorrência!), mas está sendo complicado para os fornecedores asiáticos de displays darem conta de tantos pedidos variados, segundo conta o DigiTimes.

Publicidade

Market share do iPad entre tablets - iSuppliJoe Abelson, vice-presidente do ramo de displays na IHS iSuppli, acredita que o fato de o mercado das tablets ser tão novo e imprevisível poderá forçar os fornecedores a apostar em certas capacidades de produção com base em expectativas irrealistas de seus clientes. “Com diferentes tamanhos de tela e configurações em jogo, podemos esperar momentos significativos de escassez e excesso […] ao longo de 2011, potencialmente acompanhados por promoções agressivas ou destruição de displays não utilizados”, disse Abelson.

E o iPad? Ele deverá chegar ao fim do ano com 70,4% de market share, mantendo ainda 61,7% de participação no segmento em 2012. Tudo indica que a Apple pensou não só num gadget que os consumidores iam querer comprar aos milhões, mas também em uma forma de fabricá-lo sem gerar caos na cadeia de produção.

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…