Dan Lyons coloca seu personagem Fake Steve Jobs de férias, em respeito ao original

Dan Lyons

Em dois textos, um assinado por ele mesmo, no The Daily Beast, e outro como Fake Steve Jobs, Dan Lyons anunciou que dará uma trégua nas brincadeiras com o CEO da Apple enquanto ele, Jobs, se recupera em uma licença médica.

Publicidade

Em ambos os artigos, Lyons faz um apelo para que repórteres e jornalistas evitem invadir a privacidade do executivo. Como Fake Steve Jobs, ele escreveu o seguinte:

Dan LyonsEspero que vocês orem para o Deus em que acreditam e despejem escárnio e abuso infinitos sobre o primeiro pilantra que tentar bisbilhotar para descobrir o que há de errado. É sério. Nada de me perseguir em hospitais ou de perguntar coisas pra meus amigos. Nada de telefonar pra médicos e pedir para eles especularem sobre o que pode estar acontecendo. Quem fizer isso está abaixo de cocô de cachorro na sola de um sapato, e eu espero que, ao ver histórias desse tipo — pois vocês vão ver —, usem os comentários para expressar seu ultraje por [esses jornalistas] serem o tipo de gentalha que põe a fome por visitantes e pageviews acima do direito de um homem à privacidade.

A Katie [Cotton, vice-presidente de comunicações corporativas da Apple] vai manter uma lista, então se considerem avisados.

Já como Lyons, ele afirma que “o único valor real de qualquer uma dessas histórias [sobre a saúde de Jobs] é gerar pageviews. E os caras que fazem isso, não importa se escrevendo para um blog ou para o New York Times, sabem a verdade sobre o que estão fazendo, e fazem assim mesmo.”

Ou, na versão curta, “Leave Steve alone!”

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…