O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple amplia sua lista de fornecedoras de componentes do iPad 2 e do iPhone 5

Pôster Exploded Pad

Pôster Exploded PadNovos relatos do DigiTimes tratam de rumores acerca de futuros lançamentos da Apple. O primeiro deles conta que a lista de fornecedoras de placas de circuito impresso para o iPad 2 teria crescido bastante. Agora, além de Ibiden, Tripod Technology e TTM Technologies, as empresas Compeq Manufacturing, Gold Circuit Electronics (GCE), Meiko e Nan Ya PCB vão iniciar o envio de lotes ao longo de fevereiro e março, para iniciar uma produção em massa a partir de abril.

Publicidade

Analistas da indústria previam uma escassez para esses componentes no início de 2011, dado o uso cada vez mais comum deles em tablets e smartphones. Um dos problemas que teriam afetado os suprimentos de circuitos impressos seria o rendimento da produção de placas com quatro ou mais camadas e desenhos de circuitos complexos.

Outro relato da DigiTimes conta que Foxconn Electronics, Foxlink, Gold Circuit Electronics (GCE) e Epistar foram adicionadas como fornecedoras de componentes para o iPhone 5, cujo lançamento deverá ocorrer no verão do Hemisfério Norte. A Foxconn deverá ocupar o lugar da Foster como fabricante dos fones de ouvido, dado que a força do iene japonês teria levado a Maçã a procurar alternativas menos custosas.

Tendo em vista os problemas para atender à demanda pelo iPad e a declaração de Tim Cook durante a conferência de resultados desta terça-feira, dizendo que o iPhone 4 teria mais vendas ainda, caso fosse possível fabricá-lo em maior quantidade, é natural que a Apple esteja procurando assegurar o máximo possível de fornecedoras o quanto antes.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Jawbone ERA

Aliph apresenta Jawbone ERA, um headset Bluetooth com acelerômetro e qualidade de áudio superior

Próximo Artigo
Distribuição de clientes entre operadoras nos EUA - NYT.com

Gráfico: como a exclusividade da AT&T prejudicou a adoção do iPhone nos Estados Unidos

Posts Relacionados