O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

O iPhone 4 tem tudo para ser um sucesso na Verizon, onde dados ilimitados custarão US$30/mês [atualizado]

iPhone 4 na Verizon Wireless

iPhone 4 na Verizon WirelessSe restava alguma dúvida de que a Verizon Wireless quer ver a AT&T sofrendo amargamente, acho que acabou: em uma entrevista ao Wall Street Journal, Lowell McAdam, COO da operadora CDMA, anunciou que planos de dados ilimitados serão oferecidos por apenas US$30.

Publicidade

McAdam adicionou ainda que ficou decepcionado com o crescimento do número de assinantes da operadora no quarto trimestre do ano passado — provavelmente à espera da adição do iPhone ao rol de aparelhos da operadora.

Um detalhe, porém, pode indicar que as vendas iniciais serão explosivas: essa oferta será por tempo limitado. Em breve a Verizon deverá seguir o caminho da sua maior concorrente e adotar planos com diferentes níveis de consumo limitado — na AT&T, 2GB por mês custam US$25.

Segundo o SAI, mesmo que nenhum assinante da ex-parceira exclusiva da Apple resolva abandoná-la (o que não vai acontecer) ou mesmo que nenhum dono de Android compre um iPhone CDMA (o que também não vai acontecer), ainda assim há espaço para muitas vendas na Verizon. Ocorre que apenas 26% dos clientes atuais com contratos de longa duração são donos de smartphones. Só aí já são mais 60 milhões de clientes em potencial.

Publicidade

Se você estivesse nesse grupo e precisasse escolher entre um iPhone 4 com dados ilimitados hoje ou um iPhone 5 com limite de consumo mensal daqui a alguns meses, com qual ficaria?

Atualização (às 21h43)

A Verizon pode até estar disposta a concorrer, mas ela não pretende ser uma mãe cheia de amor e generosidade: segundo informa a Macworld, a habilitação do recurso Personal Hotspot (presente no iOS 4.2.5 e nas betas do 4.3) sairá por US$20, tendo um limite próprio de 2GB, separado do consumo do iPhone em si. Ou seja, nada de Wi-Fi ilimitado saindo de um iPhone por US$50/mês.

Agora, para a AT&T concorrer com isso, vai ser preciso primeiro autorizar o uso da novidade em sua rede, depois vai ter que se conter e não cobrar separadamente o Personal Hotspot e o tethering (que já custa US$20, sem adicionar nem um 1KB de dados) e, por fim, conseguir controlar o impulso de pedir um valor aviltante… Oh, quem estou querendo enganar: provavelmente ela não vai nem chegar a habilitar isso. 😛

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Slides da Microsoft demonstrando fraquezas do iPad

Com estes slides, a Microsoft estaria preparando suas tropas para enfrentar o (ou render-se ao) iPad

Próximo Artigo
Cathode

Cathode adiciona um pouco de charme à moda antiga ao Terminal do Mac OS X

Posts Relacionados