Resultados da Nokia no fim de 2010 não foram nada bons; rumores de adoção do Android ganham força

Logo da Nokia

Os resultados da Nokia no último trimestre de 2010 foram tão abaixo do esperado pelo mercado financeiro que foi preciso uma declaração de Stephen Elop, CEO desde setembro, garantido que a gigante finlandesa passará por uma mudança de estratégia que envolve “construir, capitalizar e/ou juntar-se a um ecossistema competitivo” para o mercado financeiro se acalmar um pouco, conta a Reuters.

Publicidade

Claro que a parte de “juntar-se” inflamou a indústria de rumores, que alimenta já há algum tempo a ideia de que a única saída para a Nokia conseguir competir no mercado de smartphones é lançar algum produto com o Android ou até com o Windows Phone 7 — qualquer coisa que não seja o Symbian.

Logo da Nokia

Em números, o lucro líquido da empresa caiu de 948 milhões de euros, em 2009, para 745 milhões de euros no fim de 2010. O lucro operacional também teve uma queda sensível, de 1,47 bilhão de euros para 1,09 bilhão de euros. O market share global no mercado de smartphones diminuiu 9 pontos percentuais, ficando em 31%. Isso tudo, claro, são frutos da virada do mercado de telefonia celular em 2007, com o iPhone, que a Nokia simplesmente não conseguiu acompanhar.

Publicidade

“Estes resultados indicam diretamente a terrível tarefa diante de Elop em 2011”, disse Geoff Blaber, analista da CCS Insight. “Volumes totais desapontadores, inclusive em smartphones, enfatizam que estes são dias sombrios para a Nokia.”

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…