O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Two hit combo! CEO da Netgear detona Apple e Microsoft de uma vez só

Patrick Lo - CEO da Netgear

Patrick Lo - CEO da NetgearNão se deixe enganar pelo sorriso amigável de Patrick Lo, CEO da Netgear: as palavras deste homem são pura pólvora. Durante um almoço em Sydney, Austrália, duas declarações feitas por ele certamente vão deixar algumas pessoas irritadas tanto em Redmond quanto em Cupertino.

Publicidade

Sobre as investidas da Microsoft no mercado de smartphones, Lo disse que ela está “acabada — game over, na minha opinião”. Levando em conta que a empresa tem sido extremamente reticente e evasiva ao falar sobre números de vendas (pergunte “Quantos Windows Phone 7 foram vendidos?” e a resposta é sempre “Mais de 90% dos usuários estão muito satisfeitos”), essa afirmação pode ser nada mais que a dura verdade que Steve Ballmer se recusa a encarar.

Já quanto à Apple, Lo criticou a postura de Steve Jobs quanto ao Flash, particularmente a notória carta “Thoughts on Flash”, publicada em abril do ano passado. “Qual o motivo para ele detonar o Flash? Não há outro, senão ego”, disse. “Uma vez que Steve Jobs vá embora, o que provavelmente não está muito longe de acontecer, aí a Apple vai ter que tomar uma decisão estratégica quanto a abrir ou não a plataforma dela.”

Por fim, para somar insulto à injúria, Lo ainda falou sobre a superioridade do Android como plataforma aberta, usando vários exemplos históricos para provar que estratégias de fechamento não servem para ganhar market share; a Apple só teria conseguido a dianteira por conta do papel de Jobs como visionário, mas essa vantagem não deverá durar para sempre.

[via Engadget]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Robô do Android

Dados recentes apontam muitas, muitas vendas do Android nos mercados de smartphones e de tablets [atualizado]

Próximo Artigo
Histórico do market share entre fabricantes de celulares - asymco

Gráfico: veja a distribuição de lucros entre as oito maiores fabricantes de celulares

Posts Relacionados