Tim Cook: Apple deve ser “para todos” e não “apenas para os ricos”

Tim Cook no evento da Verizon - Reuters

Meus pêsames, se você acha que a história do iPhone nano é uma lorota insuportável, pois depois de uma entrevista concedida por Tim Cook a Toni Sacconaghi, da Bernstein Research, os rumores vão pegar fogo e sair dançando no meio da noite como se não houvesse amanhã.

Publicidade

Tim Cook no evento da Verizon - Reuters

Segundo Cook, a Apple estaria tomando medidas inteligentes para conseguir acessar todo o mercado de telefonia celular e colocar seus produtos ao alcance de todos, não apenas dos ricos. “Preço é um fator importante no mercado pré-pago”, reconheceu o executivo, adicionando ainda que a Maçã não vai abrir mão de nenhum segmento — sem falar que, na China (seu novo país queridinho) o setor pré-pago é preponderante. Tim disse ainda que o iPhone é “a mãe de todos os halos” e que o mercado de tablets em breve será maior e mais concorrido que o de PCs.

Na mesma ocasião, Peter Oppenheimer notou que a Apple estaria usando seu imenso caixa para assegurar acordos de fornecimento de componentes essenciais, destacou o fato de sua companhia ter parcerias com “apenas” 175 operadoras (contra 550 da Research In Motion), e que ela não permitirá que telecoms ditem termos para o iPhone — pelo menos não mais que limitar os recursos disponíveis, como o Visual Voicemail, por exemplo, que até hoje não é suportado em muitos lugares (inclusive em algumas operadoras brasileiras).

[via Forbes]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…