No ano de lançamento do Lion, Mac OS X completa sua primeira década no mercado

Mac OS X 10.0 Cheetah

Há exatos dez anos, em 24 de março de 2001, a Apple começou a vender a atual geração do seu sistema operacional desktop, desde então conhecida como Mac OS X. Apesar de o sistema em si ser mais antigo, hoje é um dia importante, já que está completando a sua primeira década no mercado.

Publicidade

Sete grandes versões diferentes do sistema operacional foram lançadas nos últimos dez anos: a primeira (10.0), com o codinome Cheetah, representou uma enorme renovação do Mac que se conhecia por meio de versões anteriores. Muito foi feito pela Apple nos anos em que Steve Jobs esteve fora, mas o Mac OS X era algo totalmente novo em relação à versão 9.x do Mac OS, tanto para usuários (especialmente devido à interface Aqua) quanto para desenvolvedores.

No entanto, o Cheetah foi lançado com diversos bugs e, em um intervalo de exatos 18 meses, a Apple lançou duas novas versões: Puma (10.1, 25 de setembro de 2001) e Jaguar (10.2, 24 de agosto de 2002). Mesmo assim, centenas de recursos eram adicionados a cada novo lançamento, enquanto concorrentes como a Microsoft mantiveram suas estratégias com sistemas de longa duração para PCs.

Publicidade

Anos mais tarde, o Panther (10.3, lançado em 24 de outubro de 2003) e o Tiger (10.4, 29 de abril de 2005) foram outros dois lançamentos importantes: o primeiro foi uma grande revisão geral do que a Apple lançara em anos anteriores, enquanto o segundo adicionou dezenas de recursos inovadores à frente do que a Microsoft prometia na época para uma futura versão do Windows. O Tiger também foi o primeiro sistema operacional da Maçã usado nos Macs com processadores Intel, lançados em 2006.

Snow Leopard rodando em MacBook Pro

O estado atual do sistema operacional da Apple, no entanto, foi realmente dado pelas suas duas versões mais recentes: Leopard (10.5, 26 de outubro de 2007) e Snow Leopard (10.6, 28 de agosto de 2009). Em dez anos, mais de 1.000 projetos de recursos de software e tecnologias saíram do papel e foram parar na frente dos computadores que usamos diariamente, então temos motivos de sobra para ficar satisfeitos com o trabalho da empresa na área.

Publicidade

Entretanto, o aniversário de dez anos do Mac OS X também é marcado pela saída de Bertrand Serlet da sua equipe de desenvolvedores, onde atuou como um dos principais visionários. Para o futuro, esperamos que a definição de software para Macs será bastante aprimorada com as experiências que a Apple obteve ao desenvolver software para dispositivos móveis, que agora são as principais inspirações por trás do Lion, previsto para lançamento no segundo semestre.

[via TUAW]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…