O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Microsoft traz seu próprio linguista para opinar no caso do registro de “App Store” como marca

Ícone da App Store

Ícone da App StoreE tem seguimento a (interminável) discussão sobre o direito da Apple de registrar “App Store” como marca e, assim, impedir que lojas de apps concorrentes usem essa denominação.

Publicidade

Em tréplica [1, 2] ao requerimento de registro feito pela Maçã, a Microsoft trouxe contra-argumentos e apresentou o parecer de um especialista em Linguística para demonstrar a generalidade da marca almejada pela gigante de Cupertino, conforme conta o The Register.

“O nome composto ‘app store’ significa simplesmente ‘loja na qual apps são postos à venda’, o que é meramente a definição da coisa em si — uma caracterização genérica”, escreveu o Dr. Ronald R. Butters, professor emérito da Duke University. Ele argumenta ainda que, mesmo que a Apple tenha sido a primeira empresa a usar a expressão “app store” (e, segundo os autos, ela não teria sido), isso não mudaria o fato de este termo ser excessivamente genérico. Dizer que “app store” não consta em dicionários é inútil, pelo simples fato de dicionários raramente conterem este tipo de construção (“shoe store”, por exemplo, também não consta).

Além disso, a alegação da Apple de que outras empresas não usariam a denominação “app store” seria nada mais que o fruto das ameaças de processo repetidamente feitas por ela — tal qual ocorreu há poucos dias com a Amazon e com a MiKandi.

Publicidade

Imagino se a Apple acharia divertido ter que mudar o nome do FaceTime por causa de “Face”, marca que pertence ao Facebook, ou limpar todas as menções a “windows” (como em “Close window”) no Mac OS X por causa da Microsoft. 😛

[via Electronista]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone da Mac App Store

Ausência de jogos na App Store Brasil é explicada por diretor do Ministério da Justiça

Próximo Artigo
iPhone 4 deitado de lado

"Adiamento" do iPhone 5 reduz o otimismo das estimativas sobre a Apple

Posts Relacionados