O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Continuam os burburinhos sobre planos de Eike Batista envolvendo montadora da Apple no Brasil

Empresário Eike Batista

De certa forma, esta história é para brasileiros o que o iPhone CDMA era para os estadunidenses há alguns meses: um sonho que parece, ao mesmo tempo, ao alcance da mão e completamente inexequível. Enquanto o lançamento do smartphone da Maçã na rede da operadora de telefonia celular mais querida dos Estados Unidos dependia do fim da monogamia entre Apple e AT&T, a abertura de uma montadora de iProducts no Brasil só vai se concretizar quando muitos astros se alinharem nos céus.

Publicidade

Empresário Eike Batista

Nada melhor do que a influência de um dos homens mais ricos do mundo para dar uma ajudinha nesse evento cósmico que parece tão impossível. Eike Batista continua ratificando seu interesse em trazer uma linha de montagem de produtos Apple para o Brasil e, assim, aliviar um pouco a pesadíssima carga tributária que incide sobre eles atualmente, por serem importados. “Temos um mercado que a Apple não pode ‘passar por cima’. E como o Brasil consegue criar barreiras de importação de 100%, vale a pena fazer a manufatura parcial no país”, disse o empresário à Folha.com, durante uma visita a Washington (EUA).

Ainda não se sabe com qual montadora Batista estaria negociando para trazer uma linha da Apple para o Brasil, mas o burburinho gerado há duas semanas pelo rumor de que uma expansão da Foxconn em Jundiaí seria destinada à fabricação de iProducts movimentou a cidade paulista, como conta a ISTOÉ Independente. A Foxconn já é a maior empregadora do município e, com o sucesso incontestável dos produtos da Maçã, as chances de essa linha de montagem levar mais desenvolvimento ainda para a região são altíssimas.

Publicidade

Espero que, como disseram no lançamento do iPhone CDMA, estes rumores repetidos ad nauseam eventualmente se concretizem. E o melhor é que faz sentido: depois de começar a investir pesado na China, o próximo passo natural para a Apple seria conquistar o mercado brasileiro. Com uma montadora por aqui, a barreira da tributação protecionista seria vencida e, em vez de caríssimos artigos de luxo, os gadgets da Maçã ficariam num patamar um pouco mais acessível.

Torçamos para que não demore quatro anos até isso virar realidade.

[dica do Théo Venturelli e do @yuredf]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Hasbro My3D

Óculos My3D para iPhones/iPods touch, da Hasbro, estão finalmente chegando ao mercado

Próximo Artigo
Ícone - iBackupTunes

iBackupTunes faz cópias de segurança das músicas presentes no seu gadget com iOS

Posts Relacionados