Em novo processo, In App Purchases voltam a ser motivo de dor de cabeça para a Apple

Smurfs' Village no iPod touch

Parece que as medidas tomadas pela Apple após a polêmica do jogo Smurfs’ Village não adiantaram muito, pois ela não conseguiu conter a falta de conhecimento de algumas pessoas sobre compras feitas em iGadgets por crianças. Um processo registrado nos Estados Unidos representa um série de pais que desconfiam de cobranças indevidas relacionadas a jogos para iOS, feitas através do sistema de In App Purchases da companhia.

Publicidade

Smurfs Village no iPod touch

Responsável por abrir a queixa, Garen Meguerian afirmou à justiça que não desconfiava da possibilidade de suas filhas adquirirem dinheiro virtual em alguns títulos usando transações reais com seu cartão de crédito, já que eles não tinham nenhuma classificação indicativa alertando sobre a existência de pacotes de compras. Qualquer In App Purchase requer a senha do usuário para compra, mas, ainda assim, Meguerian acredita que a Apple deve ser responsabilizada por oferecer dinheiro a empresas resultante de compras não-autorizadas.

A administradora da App Store já está sendo investigada por órgãos reguladores nos Estados Unidos a respeito do seu sistema de compras, de forma que suas descobertas e conclusões poderão ser usadas contra a Apple nos tribunais para a obtenção de indenizações. No entanto, há de se questionar como a sua política atual pode ser considerada errada na justiça: conforme já alertamos inúmeras vezes, boa parte dos transtornos com relação a In App Purchases e crianças pode ser evitada com um pouco de atenção e cuidado no uso da sua conta.

Posts relacionados

Comentários