O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Faça você mesmo uma case criativa e camuflada para seu iPad!

Guinness Book de 2004

Olhando para o livro abaixo, você diria que ele tem algo de especial? Ok, é um Guinness Book de 2004, tem capa holográfica, é lindão, fica em pé sozinho… mas será que dá pra julgar um livro pela capa?

Publicidade

Guinness Book de 2004

Claro que não! Basta abri-lo na primeira página para ver que ele guarda um iPad!

Guinness Book de 2004 com um iPad dentro

Esta edição, digamos, única do Guinness está à venda na Etsy por apenas US$30 (envio internacional e iPad não inclusos), mas este é o tipo de projeto que definitivamente merece um bom arregaçar de mangas, até porque ele pode sair muito em conta, deixar seu gadget protegido e ainda servir de disfarce.

Transformando um livro em uma case para iPad

Para tanto, um antigo passo-a-passo do Carrypad vem bem a calhar: com um livro de dimensões adequadas (agora muito mais fácil de encontrar, já que o iPad 2 é 33% mais fino), um bom estilete, lápis, cola plástica, fita adesiva e paciência, é possível fazer sua própria case.

Publicidade

O processo é demorado, mas bastante simples: marque as dimensões do iPad no livro e vá cortando as páginas com um pouco de folga. Quando terminar, prenda-as com a fita adesiva, aplique a cola plástica nas bordas internas e na parte traseira, deixe secar por algumas horas sob um peso e mais um pouco aberto ao ar. Mais detalhes podem ser vistos no tutorial.

Apesar de existirem acessórios fabricados por empresas especializadas que seguem exatamente esse conceito, os apaixonados por projetos DIY (“Do It Yourself”, ou “faça você mesmo”) certamente vão preferir pôr a mão na massa. Cuidado só para o disfarce não ficar bom demais e seu gadget acabar indo parar em um sebo ou no lixo — isso é danado pra acontecer com eletrônicos finos demais. 😛

Publicidade

P.S.: Livros são coisa séria, portanto dê preferência àqueles que estiverem altamente desatualizados ou, se preferir comprar um em um sebo, que esteja com as páginas riscadas a ponto de ter se tornado inútil. Ou, melhor ainda, use um livro de atas, daqueles à venda em papelarias! Em vez de destruir um livro que poderia ser útil para outras pessoas, cogite a possibilidade de doá-lo a uma biblioteca ou escola. 😉

[via Cult of Mac]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mockup de futuro iPhone

O próximo iPhone poderá ser mais parecido com um iPod touch do que com um iPhone 4

Próximo Artigo
Warner Music Group na nuvem

Warner Music Group já teria fechado acordo com a Apple para oferecer músicas na nuvem

Posts Relacionados