iPad 2 leva milhares de pessoas às lojas chinesas da Apple e esgota em apenas quatro horas

Lançamento no iPad 2 na China

Hoje, a Apple começou as vendas do iPad 2 na China, levando veículos de comunicação a realizarem uma cobertura imensa por meio da imprensa local e através da internet. Tal entusiasmo foi correspondido pelo público: muitas pessoas passaram a madrugada na fila para comprar a nova tablet, e as lojas da Maçã tiverem seus estoques completamente esgotados em aproximadamente quatro horas, de acordo com o M.I.C. gadget.

Publicidade

Lançamento no iPad 2 na China

Por enquanto, apenas os modelos Wi-Fi estão à venda, por preços aproximadamente 15% maiores do que nos Estados Unidos — US$568 para o modelo de 16GB, US$691 para o de 32GB e US$814 para o de 64GB. Contudo, a diferença dos valores não surtiu efeitos no público chinês: mesmo na loja online da Apple, o prazo de entrega da tablet subiu para duas semanas.

Lançamento no iPad 2 na China

A forte procura pelo dispositivo fez com que muitos o adquirissem na rua, com vendedores ilegais que teriam obtido unidades da tablet com antecedência no mercado cinza — algo que pode ser bastante arriscado, vide o exemplo dos iPhones brancos.

Leitores do AppleInsider registraram um elevado interesse pelas edições brancas da tablet — empilhadas no centro da imagem acima, enquanto os modelos pretos estão à esquerda.

Além da China, outro país que recebeu a iPad 2 hoje foi a Tailândia. Por lá, as coisas não foram tão tumultuadas quanto em outras localidades, mas o interesse do público local também provocou o rápido esgotamento, especialmente por também terem à disposição modelos com Wi-Fi+3G.

Lançamento no iPad 2 na China

A imagem acima, divulgada pelo 9 to 5 Mac, mostra a fila em frente a uma revenda da tablet na Tailândia. Pelo visto, a “febre da Apple” está se espalhando pra valer…

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…