O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

É oficial: Condé Nast adotou o sistema de assinaturas da App Store

Ícone da New Yorker

The New Yorker no iPadO rumor publicado pelo New York Post pelo visto era quentíssimo: conforme previsto, a Condé Nast já deu o pontapé inicial na adoção do sistema de assinaturas da App Store, começando pela icônica revista The New Yorker.

Publicidade

O app para iPads, atualizado hoje [gratuito; 4,9MB; requer o iOS 3.2 ou superior], ainda oferece a aquisição de edições individuais por US$5, mas uma assinatura mensal (com direito a quatro edições) sai por meros US$6 — isso mesmo, apenas US$1 a mais. É possível ainda fazer uma assinatura anual por US$60, só que clientes que adquirirem o pacote anual tradicional, da revista impressa (US$70), terão acesso livre também ao app no iPad.

Apesar de estes preços serem bem distintos dos que foram comentados no rumor (US$20 por ano; US$2 por edição), é possível que diferentes revistas tenham suas próprias estruturas digitais. Segundo Peter Kafka, do AllThingsD, a Condé Nast teria feito a Apple ceder na questão do preço da assinatura anual: a Maçã queria que os valores do pacote digital e do tradicional fossem idênticos, algo que a editora ainda poderá aplicar a outras publicações.

Curiosamente, a New Yorker é a segunda revista em menos de uma semana que parece querer alavancar a aquisição de assinaturas tradicionais publicando uma grande reportagem sobre a Apple — a primeira foi a Fortune. Coincidência?

[via MacRumors]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mosaico de Steve Wozniak

Em discurso na Universidade do Estado de Michigan, Steve Wozniak dá a receita da felicidade

Próximo Artigo
iPad e iPhone 4 com a bandeira do Brasil

Folha.com: Foxconn montará não só iPads, mas também iPhones em Jundiaí

Posts Relacionados