O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google I/O 2011: Chrome, de uma história em quadrinhos para 160 milhões de “clientes” [atualizado]

Chrome OS na I/O 2011

Além das novidades para o Android (que só dão continuidade à lenga-lenga do Google contra a Apple no mercado de handsets), o que realmente está movimentando a I/O 2011 são os recursos que a gigante de buscas pretende colocar nas mãos de desenvolvedores web. Tanto que hoje foi um dia para os engenheiros da empresa falarem exclusivamente sobre o Chrome na keynote de abertura.

Publicidade

Chrome OS na I/O 2011

Sundar Pichai, vice-presidente de desenvolvimento do navegador, anunciou que o browser alcançou a marca de 160 milhões de usuários recentemente, após um ano marcado pelos seus lançamentos estáveis para Mac OS X e Linux, sem falar nas centenas de novidades para o padrão HTML5. Hoje, o Google deixou claro que o Chrome não é mais apenas uma porta para a web, mas sim uma plataforma na qual empresas podem criar aplicativos de verdade, mesmo sem usar código nativo.

Diversas novidades para o navegador já foram reveladas nesta segunda-feira, mas hoje o Google fez um anúncio interessante para usuários brasileiros: a disponibilidade da sua Web Store em português. A partir de agora, usuários do Chrome podem adquirir jogos e apps com diversas funcionalidades através dela, tornando-se literalmente clientes de desenvolvedores web que terão a oportunidade de cobrar um valor simbólico (esperamos) pelo que produzem.

Chrome OS na I/O 2011

Na loja, apps e jogos são adquiridos usando o próprio sistema de pagamentos do Google (o Checkout) e podem se basear em diversos modelos de negócio, independentemente do que fazem ou até do que vendem. Quem quiser pode adotar ainda o novo sistema da própria gigante de buscas para pagamentos dentro de apps, no qual os desenvolvedores ficam com 95% da arrecadação.

Publicidade

A novidade é animadora para revistas, editoras de livros, serviços por assinatura e muitas outras empresas que queiram uma solução definitiva para desenvolver aplicativos que possam ser usados em qualquer computador. Mas também pode ser boa para desenvolvedores de jogos: a Rovio, criadora no Angry Birds, esteve no evento para anunciar uma edição do título criada usando WebGL e o sistema de compras do Google para extensões, exclusivamente para usuários do Chrome.

Chrome OS na I/O 2011

Trata-se do primeiro de muitos games que deverão aparecer na Web Store durante os próximos meses, antecedendo a chegada do Chrome OS no mercado. O sistema operacional desktop do Google já está destinado a alguns modelos de notebooks que serão lançados em junho na América do Norte e na Europa.

Publicidade

Neles, os usuários terão apenas acesso à internet e a apps e serviços criados com tecnologias web. Os notebooks terão acesso integrado a redes de telefonia móvel, mas também será possível usá-los offline com diversos serviços, incluindo os do próprio Google. Tanto o Gmail quando o Google Docs e o Calendar poderão funcionar sem acesso à web no próximo semestre e, já que a novidade será provida por recursos do padrão HTML5, usuários do Safari, Opera ou Firefox terão acesso aos mesmos benefícios.

Atualização (às 15h36)

Aos interessados, o Angry Birds para o Chrome já está no ar — gratuito, e ainda parece funcionar bem no Safari. 😀 Quem quiser pode adicioná-lo à tela inicial do Chrome por aqui.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Third Rail Battery System para iPhone

Third Rail Mobility lança nova case com bateria removível superfina para iPhones 4

Próximo Artigo
Clone de iPad 2 da Huadian

Fabricante chinesa lançará clone de iPad 2 no mês que vem

Posts Relacionados