O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Embora Foxconn negue rumores, Jundiaí já começa a se mexer e providenciar mão de obra local

Fábrica da Foxconn

Se todo esse projeto já estivesse definido e confirmado, e se fosse mesmo do desejo da Apple divulgar isso para o mundo, ela mesma já o teria feito. Portanto, é normal que a Foxconn tenha entrado agora num posicionamento de “não comentamos, não sabemos de nada”.

Publicidade

Logo da Foxconn e bandeira do Brasil

Depois da matéria da Folha.com, no início da semana, e das novas declarações do ministro Aloizio Mercadante, um representante da Foxconn enviou um comunicado à Geek que dizia o seguinte:

Na tarde de ontem, a Folha de S. Paulo divulgou uma notícia dizendo que a Foxconn definiu que Jundiaí foi a cidade escolhida para a fábrica da Apple no Brasil. Entretanto, esta informação não está confirmada e em nenhum momento isso partiu de fontes de dentro da Foxconn.

Entraremos em contato assim que tivermos informações oficiais que possam ser divulgadas. Até segunda ordem, a Foxconn não comenta especulações.

Bem “Apple-like”, né? 😉 Podem ter certeza: tem dedo na Apple nisso.

Publicidade

Enquanto a coisa toda não se torna oficial, mais e mais informações vão surgindo. Hoje pela manhã, a Folha.com (de novo!) revelou que Jundiaí já está se mexendo para atender à nova demanda de empregos que deverá ser aberta na cidade, com a expansão das fábricas da Foxconn.

As previsões variam entre 3.000 e 6.000 novos empregos na cidade, entre expectativas de Ricardo Diniz — presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial) — e de Julio Cesar de Oliveira — presidente da Câmara, pelo PSDB. Independentemente de quem esteja certo, a novidade transformará o setor da informática no maior empregador da indústria local, em Jundiaí.

Em 2010, dos 55 mil empregados do setor industrial, 6.659 estavam em fábricas de produtos de informática, setor que ficou atrás apenas do de borracha, com 7.360.

Atualmente, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a Foxconn já emprega 3.000 trabalhadores em Jundiaí.

[dica do Jean Otero]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Google Music Beta

Furiosas com o Google sobre o Music Beta, algumas gravadoras deverão se aproximar bastante da Apple

Próximo Artigo
Ícone - Alfred

Alfred para Mac chega à versão 0.9 com ótimas novidades

Posts Relacionados