Apple quer a marca Thunderbolt no lugar da Intel; Sony pretende usar a tecnologia em um conector USB

Ícone - Thunderbolt

Ícone - ThunderboltProcessos abertos pela Apple nos Estados Unidos e no Canadá indicam seu forte interesse em obter os direitos sobre a marca Thunderbolt, apesar de referir-se a uma tecnologia aparentemente endossada pela Intel. O nome refere-se à implementação da nova interface de alta velocidade para a conexão de periféricos nas novas linhas de Macs, capaz de transferir dados em uma velocidade de até 10Gbps entre aparelhos.

Publicidade

Conforme relatado em fevereiro, a Apple colaborou com a Intel na finalização da nova tecnologia para o seu uso no mercado, mas a criação e o desenvolvimento foram conduzidos dentro dos laboratórios da Chipzilla.

Não se sabe o que está motivando a Maçã a pleitear a marca registrada: a hipótese mais aceita é a de que ela queira diferenciar a sua implementação (baseada no conector Mini DisplayPort) de outras — como a da Sony, que deverá suportar a Thunderbolt em seus notebooks usando um conector USB.

A iniciativa da companhia japonesa poderá culminar em uma fragmentação da tecnologia no mercado, mas não tem ainda a aprovação do fórum de implementadores do padrão USB no que diz respeito a usar o padrão Thunderbolt por meio de um dos seus conectores. Para fabricantes de acessórios, no entanto, a possibilidade de isso ser aprovado em um futuro próximo é preocupante — afinal de contas, os primeiros produtos lançados com suporte à Thunderbolt usam uma conexão no formato Mini DisplayPort, não USB.

Publicidade

Até agora, a Intel não se manifestou sobre nenhuma dessas iniciativas. Uma busca por registros de marcas da empresa não retorna resultados sobre a Thunderbolt, mas ela já tinha motivos para evitar brigas com outras empresas — inclusive a HTC, que usa o mesmo nome em um dos seus atuais smartphones.

[via Electronista]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…