O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Símbolo de sincronização via Wi-Fi no iOS 5 é morbidamente semelhante ao ícone do Wi-Fi Sync

Principais novidades do iOS 5

Tem certas horas em que os defensores mais ardorosos do jailbreak vêm com umas histórias meio exageradas (“Não haveria App Store, se não fosse pelo jailbreak“, a-ham, até parece), mas neste caso a Apple entrou numa saia justa que certamente vai pegar mal. Você se lembra do Wi-Fi Sync, um app rejeitado pela Maçã que é vendido na Cydia Store por US$10? Pois bem, o TUAW parece ter encontrado um irmão dele — não chega a ser gêmeo, mas é muito, muito parecido!

Publicidade

Símbolo do Wi-Fi Sync

Os símbolos acima indicam a mesma funcionalidade: sincronização de iGadgets via Wi-Fi. O da esquerda é o ícone do Wi-Fi Sync, criado por Greg Hughes (e rejeitado pela Maçã). O da direita é o que a própria Apple usa para apresentar a nova funcionalidade de sincronização sem fio no iOS 5. Como explicar tanta semelhança?

Há duas possibilidades, descritas abaixo em teor hipotético:

Publicidade
  1. A Apple copiou Hughes. O app foi mandado para a loja da gigante de Cupertino em abril de 2010, o que deu a ela mais de um ano para “se inspirar” e copiar não apenas a funcionalidade, como o símbolo que a representa.
  2. Ninguém copiou ninguém. Hughes usou nada mais que o símbolo padrão de Wi-Fi dentro de um desenho comumente associado a sincronização (inclusive no iSync, da Apple) — ou seja, usou duas figuras simples para comunicar a combinação delas. A ideia é tão óbvia que diversas pessoas poderiam fácil, fácil chegar a ela independentemente.

Não é um esforço muito grande pensar que ocorreu a situação 2, portanto é bom pegar leve com os dedos em riste. Só que tem um problema: a anterioridade. Quem veio a público primeiro foi Hughes, então a Apple de certa forma deve um certo respeito ao design concebido por ele (ainda que seja óbvio).

Infelizmente, Hughes não deve ter um registro do símbolo como marca, o que reduz a quase zero as chances de ele ser de alguma forma recompensado pela Apple. Aliás, esse é um aspecto bastante injusto da propriedade intelectual: às vezes é preciso um investimento vultoso para proteger uma ideia, coisa com que só grandes empresas conseguem arcar.

O iOS 5 está tão cheio de “inspirações” vindas diretamente do Cydia (mas não da Microsoft) que o TUAW compilou uma série delas, indo desde a formatação em rich-text adicionada ao Mail até os backups com o iCloud, passando, claro, pelo novo sistema de notificações — que parece até ter rendido um nome a mais na folha de pagamento da Apple.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo da Apple

Consulta com fornecedoras indica que vendas da Apple podem ter subido 87% ano a ano, em maio

Próximo Artigo
Cardápio Sophia no iPad

Empresa curitibana desenvolve mais uma solução de cardápio no iPad para restaurantes, o Sophia

Posts Relacionados