O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Ainda não vai fazer o upgrade pro OS X Lion? Então baixe o Safari 5.1 e leia este review!

Ícone do Safari 5

Ícone do Safari 5Numa das últimas enquetes aqui no MacMagazine, perguntamos quem ia instalar o OS X Lion no primeiro dia de disponibilidade. No resultado, eu fiquei entre os 30,4% que preferem deixar que as cobaias baixem primeiro e só depois vamos atualizar.

Publicidade

Isso não significa, porém, que ficamos completamente de fora das novidades: o Safari 5.1, apesar do número aparentemente insignificante, trouxe muita, muita coisa nova, e é disso que vou falar neste review.

Reading List

Reading List no Safari 5.1Esta é, de longe, a maior e mais conspícua delas: quando você se deparar com algum link ou página que não pode ver no momento, mas acha que vale a pena guardar para depois, basta um Shift+click no link ou um Shift+Cmd+D (de “depois”) na página para começar a montar sua lista de leitura. Vamos testar: se você estiver no Safari 5.1, use o atalho de teclado agora ou clique neste link enquanto segura o Shift!

Curtiu a animação? 🙂 Ela é curiosa, apesar de ser chatinha e brusca para quem, como eu, não deixa a barra de favoritos permanentemente exposta. Em todo caso, ela é inofensiva e transmite bem a mensagem, sem falar que fica muito legal quando a Reading List em si está aberta — só que é preciso um iMac de 27 polegadas, para aguentar perder 300 pixels (sim, eu medi) para um elemento de interface desses.

Publicidade

Falando em animação, quando você invoca a Reading List (seja pela barra de favoritos ou com o atalho Shift+Cmd+L — de “lista”), ela desliza, movendo a página para a direita de uma forma bastante curiosa, ora escondendo conteúdo, ora redimensionando o espaço para texto.

Há um detalhe importante para lembrar: o encaixe da lista é praticamente perfeito com o Reader — o qual pode ser ou não invocado automaticamente, quando você selecionar um item da sua lista.

Reading List e Reader no Safari 5.1

Vale notar, o Reader teve sua fonte padrão bastante encolhida. Péssima novidade para as toupeiras velhas e cegas, como eu. :-/

Abas

Elas estão selvagens, nesta versão do Safari! Antes, qualquer nova aba que você abrisse iria para a direita, no final da fila de abas. Agora, elas abrem à direita da aba ativa, mas de forma agrupada. Na sequência abaixo, eu abri uma porção de abas, depois fui para a segunda aba e abri mais duas; o que acontece é que as novas abras formam um grupinho à direita, mantendo as demais abas separadas no fim da fila.

Comportamento das abas no Safari 5.1

Isso afeta também a ordem de fechamento. Antes, sempre que você fechasse uma aba, seria mandado para a que fica à direita. Agora, você é mandado para a próxima do grupo ativo. Isso significa que eu posso ser mandado para a aba da direita ou da esquerda, dependendo de onde estiver a próxima aba do grupo.

Publicidade

O Rafael Fischmann me disse que é assim que deve ser e que o Chrome funciona desse jeito, mas eu sinceramente acho que isso é como tanger um rebanho de gatos. Custava, as abas se comportarem sempre de forma previsível? Agora eu tenho que pensar sempre que for fechar uma aba, pois Deus sabe pra que lado vou ser mandado! É o fim do Cmd+W em sequência rápida. 😛

Pelo menos uma coisa melhorou: ao criar uma nova aba com um duplo-clique numa porção vazia da barra de abas, antes o campo de endereço poderia ou não ser automaticamente iluminado, dependendo do quão à direita o cursor estivesse (sim, era confuso). Agora, ele sempre fica iluminado. E, felizmente pra mim, Cmd+T continua criando uma aba à extrema direita.

Performance

Ah, este é o ponto do review em que eu corro o risco de falar bobagem, pois, n00b que sou, passo longe de testes profissionais de performance, benchmarks e afins. Mas eu posso falar da minha experiência, né? Pois bem: o Safari 5.1 está mais rápido — senti isso principalmente aqui no MacMagazine.

Só que nem tudo são flores. A Spinning Beachball of Doom® de vez em quando dá as caras, principalmente durante o carregamento de algumas páginas mais pesadas ou de múltiplas páginas, mas ela… some quando você mexe o cursor. E aí está o problema: se você ficar parado, esperando, ela vai ficar lá. Para. Sempre.

Além disso, o scroll nas screenshots do iTunes Preview (o site onde você pode ver apps e músicas diretamente no navegador) quebrou de novo. Ele não funcionava, passou a funcionar perfeitamente no Safari 5.0.5 e agora funciona muito, muito mal. Quem vê, jura que o navegador e a página foram feitos por duas empresas rivais, e não pela mesma Apple. Além disso, os previews de músicas não funcionam por falta de um componente de terceiros no QuickTime. Apple, oi? Sério, isso? 😛

Detalhes

Agora o bom e velho Buscar na Página (Cmd+F) tem as opções “começando com” (padrão) e “contém”. Lembre disso, quando for buscar algum pedaço de palavra e não encontrar resultado nenhum. Também há mais controles de privacidade e o AutoFill ficou menos “auto”, depois da falha de segurança que foi descoberta — sabe como é, gato escaldado. Antes de o Safari preencher um formulário sozinho, você tem que selecionar manualmente que dados deseja usar.

Por tudo o que há de sagrado, atualize o 1Password e instale a extensão dele através na aba de navegadores do menu de preferências (do 1Password, não do Safari!). Eu não sabia disso e SOFRI para descobrir o que era pra fazer. Incrível como ninguém ensina onde essa maldita extensão está. Depois disso, reinicie o Safari e seja feliz!

· · ·

Bom, é isso: o Safari 5.1 certamente ainda não será o navegador que vai derrubar o Internet Explorer, mas pra quem já gostava dele, agora há mais motivos ainda para apreciá-lo — menos os novos-velhos bugs com o iTunes Preview, claro.

Ouvi dizer que, com o OS X Lion, o novo Safari fica melhor ainda, mas isso é assunto para outra ocasião. 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
AirDrop no OS X Lion

Se você não enxerga o AirDrop aí, talvez seu Mac seja incompatível

Próximo Artigo
Ponto de ônibus de recarga de iGadgets

Agência que atende a Microsoft cria ponto de ônibus com estação de recarga para iGadgets

Posts Relacionados