O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Patenteie para travar: mapas simplificados, projetores em tudo, mudanças de interface e mais

Patente de mapas simplificados

Patente de mapas simplificadosThink simple. Esse poderia ser o slogan da Apple, agora. O iOS simplificou a vida de milhões de pessoas abolindo uma porção de paradigmas da computação tradicional, e agora o OS X Lion trouxe para o Mac vários desses elementos. Para horror dos geeks, dos modders e dos tinkerers, o futuro é de máquinas simples, fáceis de usar. Você não vai mais ser a assistência técnica da família!

Publicidade

Dando seguimento a essa tendência, a Apple publicou uma patente que mostra um app de mapas diferente: em vez de entupir a tela de um gadget com todas as informações possíveis sobre uma região, o aplicativo omite certos elementos para poder valorizar outros.

Por exemplo, ao requerer um rota, o app pode simplificar a interface e deixar à mostra apenas os elementos de interesse e pontos de referência. Outra possibilidade é ocultar informações de prédios para exibir apenas ruas e a posição de amigos (alguém aí precisa de um localizador de amigos?).

· · ·

Publicidade

O interesse da Apple nem sempre está alinhado com o das operadoras: para a Maçã, não importa em qual rede de telefonia o iPhone funciona, contanto que funcione. Num mundo perfeito, um usuário desse gadget poderia migrar de uma operadora para a outra sem ter que lidar com todas as dificuldades que as telecoms impõem direta ou indiretamente.

Para facilitar isso, a Apple patenteou um sistema de escolha de operadoras em que o usuário pode comparar tarifas e serviços (só se for pra ver a ruim, a pior e a mais cara de todas) e escolher livremente a qual se afiliar. Isso vai combinar muito bem com outra patente, de ativação remota de celulares.

· · ·

Publicidade

Depois do mistério do applepico.com, uma patente vem colocar um pouco mais de gasolina na churrasqueira: a Apple registrou um invento em que há projetores até na pia da cozinha. Ok, exagerei, mas os planos são de fazer smartphones, tablets e computadores com projetores embutidos e fazer com que todos interajam de forma simples e inteligente.

Patente de projetores em tudo

Seria possível integrar as imagens de forma a ter uma única tela larga com imagem contínua, transferir conteúdo de uma projeção para outra e configurar a posição relativa de cada aparelho da mesma forma como é possível fazer hoje com desktops expandidos em monitores externos.

· · ·

Publicidade

Dando continuidade à tendência de registrar gestos e ações naturais para desempenhar ações em gadgets de maneira intuitiva, a Apple fez mais um pedido de patente com elementos de interface no mínimo inusitados. Que tal mover arquivos abrindo um buraco ou um alçapão na interface e jogando tudo dentro? Ou até apagar um arquivo com segurança picotando-o em pedacinhos como se seus dedos fossem um triturador?

Patente de interfaces intuitivas

A imaginação (leia-se “o olho grande”) é tanto que até o conceito de ícones que envelhecem criado por Wolfgang Bartelme e Keith Lang em março de 2009 foi patenteado — assim um app que você não usa há semanas vai parecer roto e empoeirado (ou seja, seu iPhone vai ficar quase todo roto e empoeirado).

Além disso, também a possibilidade de organizar ícones com uma sacudida ou arrumar tudo numa esfera e rolá-la para outro gadget. Falta só uma patente para colocar um hamster virtual nessa esfera — eu voto pelo Hamtaro. *cush-cush*

[via AppleInsider: 1, 2; Patently Apple: 1, 2]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Legacy 600, da Embraer, no iPad

Software de operações de voo para iPad da Embraer e da APG se expande em atualização

Próximo Artigo
Logo da Apple em cortinas

Rumor: Apple poderá apresentar novos iPhones e iPods em um evento marcado para o dia 7 de setembro [atualizado 3x]

Posts Relacionados