O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Review: dock wireless SPI-720 para iGadgets, da fabricante brasileira SXA

SXA SPI-720

Até pouco tempo atrás eu nunca tinha ouvido falar na SXA, até porque foi bem recentemente que essa empresa de Belo Horizonte (MG) lançou seus primeiros produtos no mercado — incluindo uma linha completa de docks para iGadgets.

Publicidade

SXA SPI-720

Eis como ela se apresenta:

A SXA é voltada para o desenvolvimento de produtos áudio de alta qualidade dotados de conceito diferenciado. Disponibiliza produtos de instalação fixa, lifestyle, equipamentos profissionais de áudio… tudo que for necessário para tornar o ambiente residencial ou escritório em um local mais moderno que transborda estilo.

Tive a oportunidade de testar, nos últimos dias, o modelo SPI-720 — um dock para iPhones/iPods com uma particularidade bastante interessante: seus dois alto-falantes são wireless e possuem recarga indutiva pela base.

SXA SPI-720

O SPI-720 oferece três meios distintos de obtenção de som: com o seu transmissor USB conectado à base, iPhones/iPods podem ser acoplados ao conector de 30 pinos (e são, a partir daí, recarregados); com o transmissor conectado a um computador, o áudio pode ser reproduzido a partir de qualquer aplicativo; e a base ainda conta, também, com uma entrada auxiliar de 3,5mm em sua traseira, para a conexão de qualquer outro dispositivo de áudio.

SXA SPI-720

No Mac bastou conectar o transmissor para que um novo item “SYNIC Wireless Audio” aparecesse no painel de preferências Som (Sound) do OS X — o qual, quando selecionado, faz com que todo o áudio do computador seja direcionado para os alto-falantes do SPI-720. Ou seja, ele não fica limitado a um determinado aplicativo, podendo ser usado também para visualização de vídeos pelo navegador e inclusive para você assistir a filmes pelo QuickTime/VLC/etc.

SXA SPI-720

SXA SPI-720

Os alto-falantes do SPI-720 podem ser ligados/desligados de forma independente, assim como eles possuem também controles individuais de volume. O processo de emparelhamento com o transmissor é bem simples e só precisa ser feito uma única vez.

SXA SPI-720

Sempre que você posicionar um dos alto-falantes sobre a base, a bateria deles será automaticamente recarregada. A autonomia de uso vai depender da distância entre o alto-falante e o transmissor, bem como do volume estipulado — porém ele possui LEDs frontais que indicam quando a carga está baixa. A empresa promete uma média de 4 horas e um alcance máximo de 50 metros (num espaço aberto).

SXA SPI-720

O conjunto também é acompanhado por um controle remoto infravermelho compacto, que pode ligar/desligar a base, navegar pelos menus de iGadgets e, evidentemente, controlar a reprodução e o volume.

SXA SPI-720

O produto não é trambolhudo (34x17x15cm) e nem pesa muito (2,4kg), porém sua potência deixa um pouco a desejar — são 12W com impedância de 6ohms. Pela portabilidade não daria para esperar muito mais do que isso, e o bacana é que a flexibilidade de movimentação das caixinhas permite que um ambiente não muito grande seja razoavelmente preenchido com som.


✔ PRÓS

  • Produto genuinamente brasileiro.
  • Recarga dos alto-falantes por indução.
  • Flexibilidade no posicionamento das caixinhas.
  • Design simples e de bom gosto.
  • Múltiplas fontes de áudio, incluindo o próprio Mac.
✘ CONTRAS

  • Preço um pouco salgado.
  • Potência deixa a desejar.

SXA SPI-720

O SPI-720 tem preço sugerido de R$690, mas a SXA também tem outros modelos que vale a pena conferir:

  • SPI-730 [R$690]: bem semelhante ao 720, com um design um pouco diferenciado.
  • SPI-300 [R$390]: rádio-relógio com despertador integrado a iGadgets, com uma tela LCD proeminente em sua parte frontal.
  • SPI-200 [R$326]: mais um despertador, um pouco mais simples que o anterior.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Pogo Sketch Pro - Stylus para iPad

Pogo Sketch Pro é uma nova stylus para iPad direcionada a artistas

Próximo Artigo
Touchscreen do iPhone 4

ABI Research: até 2016, 97% dos smartphones terão touchscreens

Posts Relacionados