O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Juíza quer ver números de vendas do iPad para decidir definitivamente quanto ao banimento do Galaxy Tab na Austrália

Samsung Galaxy Tab 10.1 vs. Apple iPad 2

No mais novo capítulo da briga Apple vs. Samsung na Austrália (há poucos dias, a Sammy adiou mais uma vez o lançamento do produto por lá), a juíza Annabelle Bennett — encarregada pelo caso — disse agora que as alegações da Maçã terão um peso maior se ela as complementar com números de vendas.

Publicidade

Samsung Galaxy Tab 10.1 vs. Apple iPad 2

Sim, é isso mesmo: para manter sua decisão definitiva de que o Galaxy Tab (10.1 e possíveis variantes como o recém-lançado 7.7) não pode ser importado/vendido na Austrália, a juíza quer analisar números do iPad nos Estados Unidos e no Reino Unido, destacando o impacto da tablet da Samsung em suas vendas.

A medida me parece um tanto sem sentido, visto que a reclamação da Apple não foi uma resposta ao seu concorrente estar roubando mercado do iPad — até porque este domina quase tudo, atualmente —, e sim o fato de o Galaxy Tab ter sido lançado e posto à venda com elementos visuais e tecnologias patenteadas pela Maçã. O processo não leva em consideração, em momento algum, como tem sido a performance do Galaxy Tab no mercado. Ademais, a Apple dificilmente aceitará essa solicitação, já que nunca divulga vendas de seus produtos separadamente, por país.

Publicidade

Ou seja: um produto pode praticamente clonar outro (não estou falando deste caso especificamente, mas de forma genérica), mas se ele não interferir muito nas vendas do original, tudo bem?…

[via Bloomberg]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Invoxia NVX 610 para iPhone

Invoxia lança mais uma base bacana que transforma o iPhone num telefone de mesa

Próximo Artigo
iPad 2 com a bandeira do Brasil

Ministro Aloizio Mercadante mais uma vez "promete" iPad brasileiro até o final deste ano

Posts Relacionados