O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Dicas do dia: aproveitando ao máximo a versatilidade do Spotlight no OS X Lion [atualizado]

Ícone do Spotlight

Ícone do SpotlightNa minha opinião, o Spotlight é uma das ferramentas mais importantes e ao mesmo tempo uma das mais ignoradas do OS X. Muita gente que conheço simplesmente não utiliza o recurso, sem o qual não vivo.

Publicidade

Já fizemos um bom apanhado de dicas sobre como buscar exatamente o arquivo que você deseja, mas hoje vamos tratar de várias outras, compartilhadas pelo Macworld — algumas inclusive específicas para o OS X Lion.

Vamos a elas!

Customização

Nas Preferências do Sistema (System Preferences) é possível escolher os tipos de resultados que serão exibidos pelo Spotlight. Se você não quiser que suas músicas apareçam, basta desmarcar a opção — lembrando que isso é válido somente no Spotlight, e não na janela do Finder, onde também é possível realizar buscas.

Além de escolher o que aparece ou não, é possível também definir a ordem de exibição. Explico: se você quer que suas imagens apareçam depois dos aplicativos, basta arrastar a opção para a posição desejada. Isso é válido para qualquer categoria. Apenas a título de curiosidade, a categoria Planilhas (Spreadsheets) é nova, e está disponível apenas no OS X Lion.

Preferências do Spotlight

Outro recurso bem interessante é a opção de privacidade. Nele, é possível selecionar qualquer tipo de arquivo armazenado no sistema e escondê-lo, tornando-o invisível para a busca do Spotlight. Se você, por exemplo, não quer exibir aquela pasta com todos os contratos da sua empresa, basta selecioná-la na aba Privacidade (Privacy). Assim, quando alguém buscar por PDFs no Spotlight, seus contratos escaneados e salvos nesse formato que estão dentro da pasta estarão seguros.

Quick Look

É possível dar uma olhada rápida (sacou? Quick Look!) nos arquivos que aparecem no Spotlight sem precisar abri-los. Basta deixar o cursor do mouse por alguns segundos em cima do arquivo ou navegar pelo conteúdo com as setas do teclado. O bacana é que diversos arquivos, inclusive filmes, fontes, músicas e contatos podem ser visualizados dessa forma. Se você busca um documento com mais de uma página, saiba que ainda é possível folheá-lo, tanto com o mouse quanto com o trackpad.

Visualização no Spotlight

Assim que você digita no campo de busca do Spotlight, ele escolhe um arquivo para ser o Top Hit, ou seja, aquele com uma maior probabilidade de ser o que você está procurando. Dessa forma, como ele já fica selecionado naturalmente, basta pressionar Command para visualizá-lo — se quiser abrí-lo, basta pressionar Enter.

Publicidade

Falando em atalhos de teclado, ao pressionar a tecla Command é possível obter mais informações do arquivo logo abaixo do Quick Look. Normalmente é mostrado o nome do arquivo e, após alguns segundo, onde ele está armazenado (caminho). Para ver diretamente a informação do caminho, aperte Command+Option. Pressionando Command+Enter, uma janela do Finder será aberta mostrando a localização do arquivo selecionado.

Interação com contatos no Spotlight

Falando especificamente da interação com contatos, é possível mostrar os números de telefone na tela, iniciar uma vídeo-chamada FaceTime, enviar um email, mostrar um endereço no mapa e muitas outras coisas diretamente do Spotlight. Basta clicar na etiqueta ao lado da informação desejada que as opções aparecem em um menu contextual.

Google It!

A Apple implementou no OS X Lion a opção Buscas na Web (Web Searches). Nela, existem duas opções bem autoexplicativas: Busque na Web (Search Web) e Busque na Wikipédia (Search Wikipedia). Ou seja, é possível fazer buscas na web diretamente do Spotlight — a escolha do buscador (Google, Yahoo! ou Bing) é feita nas preferências do Safari.

Arraste e solte

É possível selecionar o arquivo no Spotlight e arrastá-lo para qualquer lugar (Finder, Mesa, etc.), criando assim uma cópia dele. Isso é ótimo para quem precisa daquele documento instantaneamente. Você pode inclusive colocar o arquivo no lado direito do Dock. Arrastando o arquivo com as teclas Command+Option pressionadas, você cria um atalho (Alias), perfeito para aqueles arquivos que estão em pastas dentro de pastas dentro de pastas, a cliques e mais cliques de distância.

Outra funcionalidade muito bacana seguindo a mesma linha, é o drag & drop para documentos e aplicativos em si. Você pode selecionar uma imagem diretamente do Spotlight e colocá-la dentro do arquivo que você está trabalhando no Pages. Ou arrastar essa mesma foto para o ícone do Mail e começar a escrever uma mensagem nova já com a imagem anexada.

· · ·

Como você deve ter percebido, as possibilidades do Spotlight são muitas. Falando por experiência própria: se você der uma chance ao Spotlight, nunca mais conseguirá trabalhar sem ele — arrisco-me a dizer que ele é o recurso que mais uso no Mac.

E você, já conhecia as funcionalidades acima, ou boa parte deles é novidade? 😉

Atualização

Duas dicas simples e interessantes que esqueci de colocar no artigo, mas que foram lembradas nos comentários: a primeira é que o Spotlight é o substituto ideal para o Launchpad — acredite, é muito mais fácil abrir um app através da busca. Basta pressionar Command + Barra de Espaço e digitar o nome do aplicativo. Antes mesmo de terminar de escrever, é capaz de o Top Hit mostrar o app em questão. Aí basta apertar Enter/Return.

Spotlight servindo de Launchpad

Outra dica muito útil: o Spotlight é inteligente e faz contas pra você. Quer dividir 789 por 6? Basta digitar 789/6 no campo de busca. Multiplicar 49 por 8? Digite 49*8. A mesma coisa se aplica a soma e subtração. Basta adicionar os símbolos + e - entre os números desejados — lembrando que, ao fazer cálculos com números acima de 999, você não deve utilizar o ponto como separador. Ou seja, ao subtrair 1.580 por 1.237, digite 1580-1237. Já para números decimais, o tipo de separador dependerá da configuração do seu sistema; se ele estiver configurado para o Brasil, você pode usar a vírgula normalmente; se não, opte pelo ponto.

Fazendo cálculos no Spotlight

Se quiser somar dois números e depois dividir o resultado, faça a primeira conta entre parênteses e depois continue com o cálculo, assim como você aprendeu na escola. 😛 Exemplo: se quiser somar 27 com 672 e depois dividir por 3, digite (27+672)/3.

Vale notar que todas essas operações ficam bem mais fáceis “chamando” o Spotlight através do atalho de teclado Command+Barra de Espaço.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhone perdido no bar

Polícia de San Francisco inicia investigação interna para apurar caso do suposto protótipo de iPhone desaparecido

Próximo Artigo
Linha de produção da Foxconn

Foxconn já estaria produzindo 150 mil iPhones 5 por dia

Posts Relacionados