O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Bizarro: Apple é acusada de disseminar pornografia na China através da App Store

Bandeira da China

Bandeira da ChinaEnquanto, do lado de cá, os consumidores imploram por mais, na China, eles gritam por menos: segundo o People’s Daily, um grupo de consumidores está profundamente ofendido com certo tipo de material existente na App Store.

Publicidade

Um aplicativo em particular, chamado “18 romances proibidos nas Dinastias Ming e Qing”, chamou a atenção de um cliente que se disse ofendido pelo conteúdo e levou a reclamação a público.

Seria apenas mais um caso de #mimimi, não fosse a implicação legal na terra dos dragões: disseminar pornografia (mesmo escrita) é crime, e a Apple pode enfrentar acusações criminais, não obstante a classificação indicativa de que o app é direcionado apenas a maiores de 17 anos.

“Em um país com tolerância zero para a disseminação de pornografia, não aceitaremos de forma alguma tal sistema de classificação. A Apple não pode usar leis americanas para lidar com o problema na China”, disse Li Qiang, da Academia Chinesa de Ciências. Engraçado, esse discurso soa terrivelmente familiar

[via Cult of Mac]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPads 2 com FaceTime

Chamadas do FaceTime são criptografadas e estão de acordo com o HIPAA, confirma Apple

Próximo Artigo
Ícone - Splashtop Remote Desktop

Splashtop lança seu Remote Desktop na Mac App Store

Posts Relacionados