O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Walter Murch, editor profissional de filmes, fala sobre o Final Cut Pro X — e sem expletivos

Ícone do Final Cut Pro X

Poucas atualizações foram tão mal recebidas quanto a última do Final Cut Pro, que o fez saltar da versão 7 para a X, abandonando muito do passado e abraçando toda uma nova filosofia para edição não-linear. Claro que os profissionais que usavam o FCP7 há anos detestaram a novidade, e a opinião geral foi de que o FCPX se tornou um produto voltado não para profissionais, mas para prosumers — consumidores que querem um pouco mais do que o iMovie tem a oferecer.

Publicidade

Meses após o choque inicial, Rick Young, do MacVideo, entrevistou Walter Murch, profissional por trás de filmes como o excelente Cold Mountain, e obteve uma reação bem mais afável do que a inicial. A conversa, compartilhada pelo FCP.PO, se estendeu por quase 20 minutos, mas é “obrigatória” para quem trabalha no ramo:

Resumidamente, o que Murch vê no FCPX é potencial: por ser mais fácil de usar e ter uma interface simplificada, ele pode ser uma forma de alfabetizar pessoas na linguagem dos vídeos. O futuro é promissor, sendo o “Pro” no nome do aplicativo uma aspiração que ele pode alcançar eventualmente, se receber o suporte necessário.

Publicidade

Vale a pena conferir também este vídeo de Murch falando durante o Boston Supermeet, em 27 de outubro, no qual ele comenta uma grande atualização que o FCPX recebeu em setembro:

Alguém aí que trabalha com vídeo já testou o FCPX? O que você está achando dele?

[via TUAW, The Verge]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Capa da biografia autorizada de Steve Jobs

Biografia autorizada de Steve Jobs entra para a lista dos “Melhores Livros de 2011”, publicada pela Amazon.com

Próximo Artigo
Little Big Disk Thunderbolt SSD

Reviews do Little Big Disk Thunderbolt SSD, da LaCie, revelam que o periférico é tão rápido quanto caro

Posts Relacionados