O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Q.E.D.: desenvolvedor atesta que problemas de bateria no iPhone têm relação com software

Bateria fraca no iOS

Já dizia o ditado, “Software é o que você xinga. Hardware é o que você chuta.” Qual a reação apropriada, então, diante dos problemas de bateria que vêm afligindo iPhones 4 e 4S? Pelo que a ZDNet ficou sabendo através de um desenvolvedor anônimo, é o xingamento: com um teste simples, ele teria comprovado que a raiz dessa questão está na alma do gadget.

Publicidade

Bateria fraca no iOS

Tal desenvolvedor tem dois iPhones 4S comprados no mesmo dia (na pré-venda), pela mesma loja (a Apple Online Store), rodam a mesma versão do iOS (5.0.1) e funcionam na rede da mesma operadora (AT&T), sendo um deles usado como aparelho pessoal e o outro como campo de testes para apps. O curioso é que apenas um deles apresenta problemas de bateria: o smartphone com as informações pessoais.

Para testar se o problema seria causado por alguma configuração rebelde ou se por um defeito de fabricação, o desenvolvedor restaurou ambos os aparelhos às configurações de fábrica e aplicou neles os backups trocados. O que aconteceu? O iPhone 4S que era usado para testes e não tinha problemas de bateria passou a tê-los! O outro, por sua vez, ficou com o funcionamento normalizado, redondinho. Quod Erat Demonstrandum.

Publicidade

Diante disso, resta apenas o alívio de saber que uma atualização de software (uma Delta bem, bem pequenininha, de preferência) poderá fazer tudo ficar às mil maravilhas. A última coisa de que a Apple ou os usuários precisam é mais um “gate” da vida.

Se bem que, curiosamente, o iPhone 4 do autor do artigo supracitado da ZDNet passou a ter problemas de bateria depois do iOS 5.0.1. #PegouMal 😛

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhones 4 branco e preto de frente

NPD: iPhone 4 e iPhone 3GS se mantêm como os dois smartphones mais vendidos nos Estados Unidos, no Q3 2011

Próximo Artigo
Empresas mais desejadas - Universum

Jovens profissionais veem Google, Apple e Facebook como os melhores lugares para se trabalhar

Posts Relacionados