Apple resolve pendência judicial removendo app Jew or not Jew? de todas as App Stores do mundo

Ícone - Jew Or Not Jew?

Ícone - Jew Or Not Jew?Em meados de setembro, a Apple teve um de seus momentos “Oops Store” ao colocar à venda o app Jew or not Jew? (algo como “Judeu ou não Judeu?”), uma base de dados com nomes de pessoas famosas de ascendência judaica.

Publicidade

De início, a reclamação partiu da França, onde é ilegal divulgar dados pessoais (como religião) sem autorização, mas logo deu ensejo a um processo aberto por uma coalizão de quatro organizações antirracismo motivadas a banir tal app.

Segundo o SeattlePi, a pressão exercida por esses grupos ajudou na remoção do aplicativo não apenas da loja francesa, mas de todas do mundo e, como consequência, o processo foi abandonado. Não deixa de ser curioso, porém, que o desenvolvedor seja ele mesmo um judeu que criou o Jew or not Jew? para ajudar a promover o orgulho semita.

É como dizem: “De boas intenções…” “Cada cabeça, uma sentença.”

[via MacNN]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…