Apple é mais uma vez investigada por possível cartel associado a ebooks [atualizado]

Ícone do iBooks

Mão com iPad 2 e iBooksA história se repete [1, 2, 3]: mais uma vez a Apple está sendo investigada sobre uma possível conspiração para restringir a concorrência no mercado de ebooks.

Publicidade

Segundo a Associated Press, além da Maçã, a Comissão Europeia está de olho também em cinco editoras: Hachette Livre (da francesa Lagardère Publishing), Harper Collins (do grupo News Corp.), Simon & Schuster (da CBS Corp.), Penguin (da britânica Pearson Group) e Verlagsgruppe Georg von Holzbrinck. Os acordos envolvendo as empresas citadas serão investigados a fim de descobrir se houve fixação de preço em países europeus.

O caso está sendo tratado como prioridade pela Comissão.

[via TechCrunch]

Atualização, por Halex Pereira

Segundo o Wall Street Journal, essa desconfiança não é só na Europa: o Departamento de Justiça dos Estados Unidos também está de olho no sistema de fixação dos preços dos ebooks à venda na loja da Apple, algo que foi abertamente divulgado pela primeira vez hoje, através de uma declaração de Sharis Pozen, chefe de investigações antitruste no órgão.

[via Barrons.com]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…