O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

LostWinds chega, trazido por uma brisa, para arejar iPads e iPhones/iPods touch

Ícone de LostWinds

Se você queria se dar um presente de Natal bem legal, preste atenção a esta dica: LostWinds, um grande sucesso da WiiWare (a loja online de games do console da Nintendo) acaba de chegar à App Store. Nesta aventura mágica, você controla um espírito do vento e deve ajudar o pequeno Toku a salvar Mistralis, sua terra, do maligno Balasar. Para tanto, é preciso usar e abusar de brisas, sopros e muita inteligência para vencer os perigos e superar os obstáculos desta jornada.

Publicidade

Confira os primeiros dez minutos da aventura de Toku.

O sistema de controle é bem fácil, tendo sido muito bem adaptado do Wiimote para touchscreens: com um toque, você indica para onde Toku deve ir, enquanto deslizar o dedo na tela faz com que um vento mágico sopre. Com belos gráficos (compatíveis com telas Retina) e uma paleta de cores suave, dá pra se sentir a magia de Mistralis em cada caverna, floresta ou cidade que você visitar, e a trilha sonora ajuda bastante na ambientação.

LostWinds lembra um pouco Ōkami, por conta da atmosfera fantástica e da interação com o mundo via gestos, mas infelizmente não é uma aventura tão longa quanto a da deusa Amaterasu: é bem possível que você chegue ao final em poucas horas. Isso não quer dizer, porém, que ele não vale o preço de US$4 cobrado na App Store [69,7MB; requer o iOS 4.2 ou superior], uma pechincha por um game universal deste nível. (Imagem mental indelével: Ōkami ou pelo menos Ōkamiden no iOS… argh.)

Vale a pena até já deixar mais US$4 separados para a eventual chegada da continuação à loja da Apple, LostWinds: Winter of the Melodias.

[via TUAW]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone - iGO primo Brasil

NNG libera atualização para o aplicativo iGO primo Brasil e lança iGO primo app iPhone Car Dock

Próximo Artigo
Bilhete escrito por Mike Rose

Aos 21 anos, Steve Jobs foi chamado de brincalhão e já mostrava algumas de suas características

Posts Relacionados